RSS Obras Destaques Arvorezinha

Ponte amplia segurança do tráfego entre Soledade e Arvorezinha

Na avaliação dos moradores, o novo acesso acaba com a insegurança na travessia (Foto: Luiz Chaves/Palácio Piratini)

Melhorar as condições de trafegabilidade e segurança de quem transita pela ERS-332. Este é o objetivo da restauração na ponte sobre o Arroio Taipa, entre os municípios de Soledade e Arvorezinha. O governador José Ivo Sartori esteve no local, na sexta-feira (16), para vistoriar o andamento das obras, acompanhado do secretário dos Transportes, Pedro Westphalen.

Com investimento de R$ 824 mil, provenientes da Contribuição de Intervenção do Domínio Econômico (Cide), as obras são iniciativa do Estado e da secretaria dos Transportes, em parceria com o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer). O projeto prevê a execução de cabeceiras e a sinalização da estrutura.

A restauração da ponte era prioridade para o tráfego local. “É uma maneira de facilitar o deslocamento de quem mora nesta região. Tenho certeza de que, assim que concluídas, estas obras trarão mais segurança e tranquilidade para a população”, afirmou Sartori.

“Por este acesso passam crianças e pacientes de hospitais. Ou seja, era fundamental o restauro. Assim que a parte asfáltica estiver concluída, a comunidade ganhará uma ponte mais segura e pronta para atender a todos”, acrescentou Westphalen.

Para o prefeito de Arvorezinha, Rogério Fachinetto, o novo acesso é motivo de comemoração. “Esperávamos há muito tempo por ele. Graças ao governo Sartori estamos perto de finalmente conseguirmos isso. É um bem não só para a região, mas para a economia local”, destacou.

A moradora de Soledade, Claudete Vilage, contou que as obras deixam os motoristas mais confortáveis no percurso. “Este local era muito ruim. A estrutura da ponte não estava adequada e ficávamos inseguros ao passar por ela. Agora, olhando para o novo acesso, me sinto mais tranquila”, relatou.

Acompanharam a vistoria os deputados federal Darcísio Perondi e estadual Edson Brum, além de prefeitos da região e demais autoridades.

Texto: Ascom RS