Saúde Estrela

Postos de Estrela recebem grande procura pela vacinação contra a gripe

Imunização foi liberada nesta segunda-feira (03) a todos os interessados. Estoque pode acabar nas próximas horas

 

Mais de 600 doses foram aplicadas apenas na parte da manhã em Estrela

O prazo da 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe (Influenza), iniciada em 10 de abril, encerrou-se para os grupos prioritários, então de forma exclusiva, na sexta-feira (31). Com a procura abaixo da média em todo o País, o Ministério da Saúde acertou a prorrogação da campanha, mas agora aberta a todos os interessados, isso até durarem os estoques. Em Estrela, as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) receberam grande movimento desde as primeiras horas da manhã. Levantamento calculava mais de 600 doses aplicadas até o meio-dia. Estimativa é que o estoque possa acabar ainda ao final do dia ou no máximo até a manhã desta terça-feira (04).

Estrela recebeu no início da campanha 10.120 doses. Destas, após a corrida aos postos na sexta-feira por parte das pessoas pertencentes aos grupos prioritários (gestantes, crianças entre seis meses e menores de seis anos, idosos, mulheres puérperas; trabalhadores de saúde, povos indígenas, professores, pessoas com doenças crônicas e outras condições clínicas especiais), restaram pouco mais de 1,2 mil doses. Conforme orientação recebida, parcela disto ainda foi reservada aos dois grupos prioritários com menor participação, o das gestantes e crianças menores de seis anos, inclusive aquelas crianças que precisam tomar duas doses. O restante foi liberado para a imunização geral.

O movimento foi intenso ao longo do dia. Em algumas UBSs, onde o estoque era pequeno, as vacinas acabaram em pouco tempo. Os interessados precisaram então se deslocar até a UBS Central, a principal do município, de maior procura e para onde o estoque maior foi direcionado. Nesta, localizada na Rua Cel. Brito, formou-se fila em certos momentos, mas com uma equipe de profissionais ampliada e rápido procedimento, as pessoas aguardavam pouco tempo na espera. Entre os cidadãos que procuraram o local, algumas que podiam já ter realizado a vacinação desde o início da campanha, pois pertenciam aos grupos prioritários. Uma senhora, que pediu para não ser identificada, segurava o filho de dois anos no colo. Ao ser questionada do motivo de só agora ter procurado vacinar o filho, resumiu. “Não me lembrei”. Aproveitou a ida para vacinar também o outro filho, de seis anos. E famílias inteiras aproveitaram a liberação para fazer o mesmo.

Em Estrela, uma mobilização por parte da Secretaria Municipal de Saúde de Estrela foi realizada com o objetivo de se alcançar os índices desejados. A vacinação era possível ser feita de segunda a sexta-feira, em oito pontos fixos. Em 15 datas específicas a campanha local teve como foco a vacinação de idosos. Para tanto foi utilizada a Unidade Móvel, que foi até as localidades onde ocorrem os encontros do Grupo de Apoio e Convivência do Idoso Estrelense (Gracie). Entre as pessoas da Terceira Idade, em Estrela, o índice supera os 90%. Segundo balanço realizado pela Vigilância Epidemiológica do município ainda na quinta-feira (30), grupos como das mulheres puérperas (117%), professores (107%) e trabalhadores da saúde (101%) já estavam bem acima da meta. Os menores índices ficavam com as crianças (73%) e gestantes (77%). A orientação, agora, é que busquem diretamente a UBS Central, das 7h às 19h. A verificação quanto a existência ou não ainda de doses pode ser feita pelos telefones 3981-1118 e 3981-1115.

 

 

Texto e Fotos: Rodrigo Angeli
Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Estrela