RSS Rural - Agricultura Cruzeiro do Sul

Prefeito acompanha obra de ampliação em propriedade rural

Prefeito com operador de máquina, na área de Augusto Kich (Foto: Divulgação)
Prefeito com operador de máquina, na área de Augusto Kich (Foto: Divulgação)

Na última semana, o prefeito de Cruzeiro do Sul, Lairton Hauschild, esteve na propriedade rural de Augusto Kich, na localidade de Bom Fim.

Na referida propriedade, o município, desde 2016, está auxiliando na terraplanagem, para ampliação da produção do agricultor, que trabalha com ovos férteis. O prefeito se mostrou satisfeito com o andamento do trabalho, onde a Prefeitura está auxiliando com máquinas e caminhões, garantindo a sequência dos trabalhos no local.

“Assim como em outras áreas, o investimento no setor primário é de suma importância, pois significa um retorno praticamente imediato para o município”, destaca.

O trabalho na granja da família Kich ocorre desde julho do ano passado. Desde então, o profissional do setor primário conta com o serviço terceirizado que contratou, e ainda, com a parceria do município. “O serviço está ficando muito bom. O auxílio das máquinas da Prefeitura têm sido fundamental”, diz.

O trabalho de preparo do terreno está sendo realizado em uma área de aproximadamente um hectare. O local irá receber dois novos galpões medindo 180 x 14 metros cada, para abrigar, ao todo, 31 mil aves poedeiras. “Estamos investindo em galpões climatizados, que devem receber o primeiro ainda em 2017. O investimento será de aproximadamente R$ 2,2 milhões”, conta Kich.

O produtor conta atualmente com outros seis aviários em sua propriedade, os quais abrigam 54 mil aves. Com as novas estruturas, a propriedade passará a alojar 85 mil animais. Segundo Kich, que toca a propriedade juntamente com seus quatro filhos, esposa e outros 11 funcionários, cada lote de aves fica nos galpões durante 300 dias. “Neste período, cada galinha põe, em média, 190 ovos. Estes vão para o incubatório, e, posteriormente para as propriedades que criam as aves até o momento de irem para o abate”, esclarece. Os ovos férteis saem a cada dois dias da propriedade dos Kich.

O aumento na produção da propriedade também irá garantir novos empregos. Com o iniciar das atividades dos novos aviários, outras 12 pessoas devem ser contratadas. Augusto Kich conta que começou com a produção de ovos férteis em 1998. Antes disso, trabalhou dois anos com frango para o abate. “Estou bastante satisfeito com os resultados, pois quando comecei, não tinha praticamente nada”, confessa.

Conforme Kich, que é um dos pioneiros na produção de ovos férteis na região, esse modelo de produção é um pouco mais “garantida” do que os frangos para o abate. “Até hoje sempre fui muito bem com a empresa integradora. Claro que precisamos sempre nos colocar a disposição e pôr em prática as melhorias exigidas pela empresa. Mas o investimento é compensado com a valorização do produto final”, salienta.

Texto: Ascom Cruzeiro do Sul