Segurança RS RSS Santa Clara do Sul

Prefeito anuncia a instalação de sistema de vídeo-monitoramento até novembro

Num primeiro momento, 12 câmeras serão instaladas nas entradas da cidade e na área central (Foto: Rafael Simonis)

Com o objetivo de inibir a atuação de bandidos e ampliar a segurança no município, o prefeito Paulo Kohlrausch confirmou na última quinta-feira (23), que instalará câmeras de monitoramento em pontos estratégicos da cidade e contratará uma empresa de segurança particular para vigiar os prédios públicos e evitar que sejam alvo de criminosos.

De acordo com o prefeito, mesmo não sendo um dever constitucional do Executivo, a segurança é prioridade para o governo e terá uma atenção especial. O sistema de vídeo-monitoramento começará a operar até novembro deste ano. Um projeto de lei abrindo crédito especial para viabilizar a iniciativa está sendo encaminhado à Câmara de Vereadores para ser votado já na próxima quarta-feira, dia 29. A equipe de segurança, por sua vez, começará a atuar na semana que vem.

Kohlrausch menciona que se trata de uma medida importante em resposta ao aumento da criminalidade. Além de um homicídio ocorrido em junho, foram registrados mais de 20 casos de furto ou roubo nos últimos meses no município. Em março, por sua vez, a agência local do Banco do Brasil foi arrombada por criminosos que invadiram o local após explodirem a estrutura.

O projeto de instalação das câmeras aguardava uma garantia por parte da Brigada Militar de que haveria soldados para monitorar as imagens, o que foi confirmado pelo comandante do 22º Batalhão de Polícia Militar, tenente-coronel Luis Marcelo Gonçalves Maya, em audiência realizada com o prefeito na terça-feira à tarde, dia 21. Maya informou que o sistema de Santa Clara do Sul será integrado à central de Lajeado, permitindo o monitoramento a partir da cidade vizinha.

Num primeiro momento, 12 câmeras de alta definição serão instaladas nas entradas da cidade e na área central como forma de auxiliar no monitoramento de casos suspeitos e na identificação de criminosos. Os equipamentos funcionarão 24 horas por dia, sendo as imagens repassadas à central de Lajeado por meio do sistema de espelhamento.

Empresa de segurança particular

Já a contratação de uma empresa de segurança particular se deve à sequência de arrombamentos registrada em prédios públicos. Nos últimos meses, quatro estruturas foram alvo de ladrões. A partir dessa iniciativa municipal, todos os prédios públicos passarão a ser monitorados por câmeras.

A segurança pública tem sido uma das preocupações municipais desde o início do governo. Várias audiências foram realizadas com representantes estaduais, regionais e locais no sentido de reforçar o policiamento local. “Faremos tudo o que estiver ao nosso alcance para melhorar a segurança no nosso município”, finaliza o prefeito Paulo Kohlrausch.

Texto: Ascom Santa Clara do Sul