Região RSS Destaques Geral

Prefeito de Lajeado, Marcelo Caumo é o novo presidente da Amvat

Diretoria para a gestão 2018 foi eleita por aclamação (Foto: Paulo Ricardo Schneider)
Diretoria para a gestão 2018 foi eleita por aclamação (Foto: Paulo Ricardo Schneider)

O prefeito de Lajeado, Marcelo Caumo (PP), foi eleito na quinta-feira (07), em assembleia geral  dos prefeitos da região, o novo presidente da Associação dos Municípios do Vale do Taquari (Amvat) para a gestão 2018. Ele sucederá no cargo o prefeito Rafael Mallmann, de Estrela. A chapa encabeçada pelo progressista foi escolhida por aclamação.

A diretoria é formada ainda pelo 1º vice-presidente, Jonatan Brönstrup (PSDB), de Teutônia; 2º vice-presidente, Celso Casagrande (PDT), de Anta Gorda; 1º secretário, Lairton Hauschild (PSDB), de Cruzeiro do Sul; 2º secretário, Carlos Rafael Mallmann (PMDB), de Estrela; 1º tesoureiro, Celso Kaplan (PP), de Imigrante, e 2º tesoureiro, Gilberto Costantin (PDT), de Progresso.

Também foram eleitos três membros titulares e três suplentes para o Conselho Fiscal. Os titulares são Edmilson Dörr (PTB), de Marques de Souza; Genésio Hofstetter (PSB), de Travesseiro e Marcelo Portaluppi (PP), de Vespasiano Corrêa. Os suplentes são Klaus Schnack (PMDB), de Arroio do Meio; Sandro Herrmann (PP), de Colinas, e José Luiz Cenci (PP), de Fazenda Vilanova.

A assembleia, realizada no Estrela Palace Hotel, em Estrela, reuniu, além dos prefeitos, secretários da Fazenda e da Educação dos municípios, com a participação de cerca de 80 pessoas. Temas como o encerramento do exercício e municipalização do Ensino Fundamental foram abordados pelo diretor da CDP, advogado Gladimir Chiele, e pelo diretor de Articulação com os Municípios da Secretaria Estadual de Educação, Itamar Baptista Chagas.

Agradecendo a oportunidade e confiança, Caumo disse que dará continuidade aos trabalhos iniciados na gestão do presidente Rafael Mallmann. Em sua manifestação depois de eleito, sugeriu que ainda em dezembro se realize uma reunião com os municípios para a discussão do reajuste salarial aos servidores. “Seria interessante uma manifestação formal da Amvat. Vamos propor uma agenda ainda em dezembro”, disse. Finalizando, manifestou sua expectativa de um ano de 2018 positivo. “Que sigamos firmes, fortes e unidos em busca de um Vale cada vez melhor para todos”, assinalou o presidente eleito.

Balanço positivo
Já o presidente Rafael Mallmann faz um balanço positivo da gestão que está se encerrando. Destaca o trabalho conjunto com as entidades do Vale- como a forte participação no processo que prevê a concessão da BR-386 – a suspensão de normativa, pelo Governo do Estado, que traria perdas no retorno de ICMS dos municípios onde há produtores que atuam pelo sistema integrado de aves e suínos; e a ampliação e fortalecimento do consórcio regional, com a implantação do Sistema de Inspeção Municipal, que reduzirá custos para as prefeituras. “Nossa gestão mostrou que a tendência é a regionalização”, afirma.

Mallmann diz que este foi um ano difícil devido às crises econômica e política pelas quais passa o país, mas acredita na melhoria da situação, pois o Brasil mostra que começa a sair da recessão.

Texto: Ascom Amvat