Segurança Investimento Lajeado

Prefeitura apresenta dados de segurança com Pacto Lajeado Pela Paz

Dados foram apresentados para a imprensa no salão de eventos da prefeitura

Em coletiva de imprensa realizada nesta quinta-feira (26/09), no Salão de Eventos da Prefeitura de Lajeado, a Secretaria Municipal de Segurança Pública (SESP) apresentou dados da criminalidade no município. A apresentação foi feita pelo titular da SESP, Paulo Locatelli, que também responde pelo Gabinete de Gestão Integrada (GGI) de Lajeado, focado em segurança pública. Segundo ele, a Análise Quantitativa e Espacial de Indicadores Criminais em Lajeado integra uma das frentes de trabalho do Pacto Lajeado Pela Paz. O balanço apresenta dados de 2017 a 2019.

Conforme Locatelli, foram analisados seis indicadores:Homicídio; Roubo a Pedestres; Roubo de Veículos; Ameaças; Lesão Corporal; e Violência Contra Mulher. Conforme Locatelli, a análise dos dados considerou os dias, horários e locais das ocorrências, de modo a identificar onde e quando ocorrem determinados crimes com maior frequência. A série histórica dos crimes, apontando mensalmente o número de ocorrências e o comparativo com anos anteriores, também compõe a tabulação dos dados.

Comparando dados de 2018 com 2019, verificamos a redução de 31% nas lesões corporais, redução de 30% nas ameaças, redução de 39% nos roubos a pedestres e redução de 61% nos roubos de veículos”, destacou o titular da Sesp, Paulo Locatelli. Segundo ele, a tendência é de redução nos crimes praticados em Lajeado. O secretário destaca que as operações integradas do Pacto Lajeado Pela Paz são uma das respostas do poder público à criminalidade e de que, à medida que os fatores de risco forem sendo reduzidos, os indicadores dos crimes acompanharão esta redução.

Outro fator destacado por Locatelli diz respeito à tabulação de dados. “Estamos trabalhando para reunir o máximo de dados, que nos ajudarão a focar nossos esforços nas áreas e pessoas que precisam de uma resposta mais eficaz do poder público”. Como exemplo, ele cita que os dados de violência contra mulheres estão sendo tabulados de forma específica desde o início de 2019. “À medida que pudermos comparar os dados com anos anteriores, poderemos traçar de forma mais eficaz as estratégias e ações a serem desenvolvidas para redução dos crimes”, completa o secretário.

Segundo o prefeito de Lajeado, Marcelo Caumo, o trabalho que reúne as informações dos crimes praticados no município integra o eixo da aplicação da lei do Pacto Lajeado pela Paz. “Para isso, dependemos muito dos munícipes, pois é preciso que efetuem registros junto à polícia das ocorrências dos crimes para que possamos trabalhar com dados que retratem a realizade”, destaou Caumo.

OS DADOS

Tipo de Crime

Janeiro a agosto de 2017

Janeiro a agosto de 2018

Janeiro a agosto de 2019

Homicídios

15

14

16

Lesão corporal

270

278

193

Roubo a pedestre

106

82

50

Roubo de veículos

44

62

24

Tipo de crime

Abril a agosto de 2017

Abril a agosto de 2018

Abril a agosto de 2019

Ameaças

406

416

293

Tipo de crime

Janeiro a agosto de 2019

Violência contra a mulher

427

O Pacto Lajeado Pela Paz

O Pacto Lajeado Pela Paz está dividido em dois eixos: prevenção, com atuação nas áreas de educação, saúde, assistência social e cultura, e aplicação da lei. Elas têm o objetivo de melhorar a sensação de segurança no município, reduzir a perturbação do sossego (uma das principais reclamações dos munícipes), as brigas e ameaças, e aumentar a apreensão de armas de fogo.

O Pacto Lajeado Pela Paz prevê operações integradas a serem realizadas periodicamente no município, abrangendo todos os bairros, e promovendo uma maior segurança e bem-estar à população.

Texto e foto: Rafael Scheeren Grün
Assessoria de Imprensa de Lajeado