Segurança RS RSS Lajeado

Prefeitura de Lajeado e Corpo de Bombeiros apresentam necessidade do Plano de Auxílio Mútuo

O tenente do Corpo de Bombeiros de Lajeado, Valdinei Rosa, disse que as empresas tem a responsabilidade de melhorar suas brigadas de incêndio (Foto: Rafael Scheeren Grün)

A Prefeitura de Lajeado e o Corpo de Bombeiros do município apresentaram, nesta terça-feira (06), no salão de eventos da Associação Comercial e Industrial de Lajeado (ACIL), a necessidade de se estabelecer um Plano de Auxílio Mútuo (PAM) do município. Segundo o secretário de Segurança Pública (Sesp) de Lajeado, Paulo Locatelli, que apresentou aspectos inerentes ao PAM, este tem por finalidade a atuação de forma conjunta, de seus integrantes, na resposta a emergências nas instalações das empresas e respectiva área de atuação delas, mediante a utilização de recursos humanos e materiais de cada empresa e instituição integrante do PAM, colocando-os à disposição do plano sob a coordenação do integrante atingido pela emergência ou das autoridades competentes.

Para que as coisas ocorram da forma mais organizada possível em um evento adverso, Locatelli defende que sejam realizados mais exercícios simulados. Ele lembrou do exercício simulado realizado ao lado da BR 386, quando foi criada uma situação de acidente envolvendo um ônibus e um carro, com vítimas fatais e muitos feridos. “Praticamente todos levaram os acidentados para o hospital, e a UPA praticamente não recebeu vítimas. Em uma situação real, o hospital ficaria sobrecarregado e a UPA quase inoperante, o que não faz sentido”. Com este exemplo, o secretário demonstrou a necessidade de serem realizados mais treinamentos, tanto internamente nas empresas, quando em exercícios que envolvem todas forças públicas de atendimento.

Além disso, Locatelli também citou que o PAM visa promover apoio a tomadas de decisões, identificação de oportunidades e ameaças ou riscos, ganho de valor sobre incertezas e variabilidades, melhor alocação e uso de recursos, melhoria no gerenciamento de incidentes e redução de perdas e custos relacionados aos riscos. O PAM contempla ajuda, socorro e assistência, bem como melhora no processo de ação cooperativa local com empresas, instituiçõrs civis e militares se unindo para compor uma força tarefa capaz de prestar atendimento rápido e adequado a qualquer ocorrência anormal que possa acontecer.

Por fim, o tenente do Corpo de Bombeiros de Lajeado, Valdinei Rosa, disse que as empresas tem a responsabilidade de melhorar suas brigadas de incêndio. “Treinar estes brigadistas é um compromisso com todos seus funcionários e que se refletirá em toda sociedade”, destacou Bonfanti. Na terça-feira, dia 13/11, às 8h30, na sede do Corpo de Bombeiros de Lajeado, ocorrerá uma reunião com representantes de empresas e forças de segurança e assistência para dar início à elaboração do PAM.

Texto: Ascom Lajeado