RSS Destaques Polícia Lajeado

Prefeitura de Lajeado testa sistema de identificação facial

 Sistema ajudará órgãos de segurança a identificar, local
Sistema dará mais segurança para a população (Foto: Rafael Scheeren Grün)

A Prefeitura de Lajeado, através da Secretaria de Segurança Pública (Sesp), testará ao longo do mês de maio, um programa de monitoramento que identifica automaticamente pessoas através da face, a partir de um banco de dados com fotografias fornecidas pelos órgãos policiais.

Três câmeras estão sendo utilizadas nesta fase, uma delas instalada na Praça da Matriz. Segundo o titular da Sesp, Paulo Locatelli, nenhuma administração municipal do país testou esse sistema. “É inédito e tem uma taxa de eficiência de 95%, pois permite reconhecer 125 mil faces por segundo”, explica o secretário.

Segundo ele, este sistema é híbrido, pois além do controle de pessoas ele reconhece e identifica veículos pelas placas emitindo alertas aos órgãos policiais instalados no município. Na área de trânsito, por exemplo, um cidadão que tenha suspensa a sua CNH, passa a integrar o banco de dados do sistema de monitoramento. Se ele dirigir um veículo poderá ser flagrado pelo sistema, que imediatamente aciona os órgãos policiais e de trânsito para que façam uma abordagem.

O objetivo é utilizar o sistema para identificar e localizar foragidos, pessoas com restrição de acesso a algumas áreas, ter maior controle de presos no regime semi aberto, na busca e apreensão de veículos, ajudar os órgãos policiais e de trânsito em casos de furtos, roubos, IPVA vencido, entre outros. “Isso dará maior agilidade às forças policiais para identificar e prender criminosos”, salienta Locatelli. A intenção é criar uma espécie de muralha virtual e dar agilidade à resposta dos órgãos de segurança, bem como auxiliar a coleta de provas para a elucidação de crimes.

Conforme o prefeito de Lajeado, Marcelo Caumo, o município tem modificado desde o início da gestão o contrato com a empresa Superluc, que executa a manutenção de 44 câmeras de monitoramento instaladas nos parques, praças e áreas verdes de Lajeado. Se for aprovada a utilização dessa nova tecnologia, a empresa comprará o programa e aplicará nessas câmeras de monitoramento, interligando tudo com os órgãos de segurança. O prefeito salienta que a proposta dialoga com o projeto de cercamento eletrônico, uma vez que permite identificar automaticamente todos os veículos que entram no município. Até o momento, não há estimativa de custos para implantação do projeto.

Texto: Ascom Lajeado