Investimento Destaques Teutônia

Prefeitura recebe garantia de R$ 7 milhões da Funasa para o saneamento em Teutônia

Município recebeu a garantia de R$ 7 milhões da Funasa para o projeto de saneamento

Com o aporte financeiro, será possível iniciar as obras do primeiro módulo de estação de tratamento de esgoto. Projeto de Teutônia servirá de modelo para os demais municípios brasileiros 

Entre os dias 9 e 11 de julho, o prefeito de Teutônia, Jonatan Brönstrup, esteve em Brasília para tratar de questões importantes para o Município. Durante audiência na Fundação Nacional de Saúde (Funasa) na tarde de quarta-feira, dia 10 de julho, o Município recebeu a confirmação da liberação de aproximadamente R$ 7 milhões para a execução do projeto de saneamento básico. Com o aporte financeiro, será possível iniciar as obras do primeiro módulo de estação de tratamento de esgoto.

Jonatan Brönstrup enalteceu a importância desta garantia por parte da Funasa, o que foi possível graças ao empenho da Secretaria de Planejamento e da Associação Pró-Desenvolvimento do Bairro Languiru. “Muitos falam em saneamento, mas nós decidimos fazer saneamento. Precisamos reconhecer o trabalho do secretário Clemir, que foi incansável para que esse projeto ficasse dessa forma, e a parceira que temos com a Associação Pró-Desenvolvimento do Bairro Languiru. Estou realmente muito feliz com essa confirmação da Funasa, pois é mais um projeto que outorga nosso compromisso de investir nas pessoas”, frisou.

A confirmação do recurso foi assegurada pelo presidente da Funasa, Ronaldo Nogueira, que também destacou que o projeto teutoniense será case para os demais municípios brasileiros. “Teutônia tem demonstrado muita dedicação no que diz respeito a buscar melhorar a qualidade vida da população. Este projeto majestoso será modelo para os demais municípios do Brasil, pois ele pretende alcançar a universalização dos serviços de tratamento de esgoto”, pontuou.

O valor representa 10% do total orçado no projeto, de R$ 77 milhões, e a expectativa é de que o recurso venha ao município até o final do ano. Desse montante, R$ 58,6 milhões serão aplicados na rede coletora, R$ 9,8 milhões na estação elevatória e R$ 8,4 milhões na estação de tratamento. Ainda participaram da audiência o secretário interino de Planejamento, Clemir Tavares de Jesus, e o presidente da Associação Pró-Desenvolvimento, Gerson Redecker.

O projeto foi lançado no dia 24 de maio, durante almoço empresarial da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC), alusivo ao 38º aniversário de Teutônia. Quarenta e sete dias após o lançamento, que contou com a presença de Nogueira, o Município recebe a confirmação do recurso para o projeto que contempla a universalização da coleta e tratamento de esgotos no município.

O projeto leva em conta uma projeção populacional de 43 mil habitantes até o ano de 2043. Todo dimensionamento técnico para essa população já está contemplado no projeto. Inicialmente, serão 150 quilômetros de rede nas cinco bacias hidrosanitárias. A estação de tratamento será na Linha Wink, próximo à ferrovia e divisa com o Bairro Alesgut.

 

CRÉDITOS DO TEXTO: Édson Luís Schaeffer
Assessoria de Imprensa Prefeitura de Teutônia