Páscoa Destaques Muçum

Preparativos seguem a todo o vapor

Com texto, figurino e trilha sonora renovados, espetáculo promete humanizar a vida dos personagens e impressionar pelo dinamismo das cenas

À medida que vai chegando a Semana Santa, vai aumentando também a quantidade de trabalho na preparação para a o espetáculo da Paixão de Cristo de Muçum, encenado no morro da Igreja Matriz, na área central da cidade. A peça é encenada no dia 19 de abril, às 20h, mas desde já o texto, trilha sonora e figurinos estão sendo renovados e os efeitos especiais, definidos para surpreender os milhares de espectadores que se deslocam de diversos municípios da região e do estado para prestigiar uma das maiores encenações do Vale do Taquari.

A cada ano, aumenta o desafio de contar a mesma história e, consequentemente, as novidades também aumentam. Em 2019, um gigantesco aparato de iluminação e sonorização serão instalados para melhorar a interatividade. Parte do figurino da Paixão de Cristo também será renovada e vai ganhar novos detalhes. Um grande trabalho manual para as figurinistas, mas isso traz grandes resultados. “São duas pessoas trabalhando sem parar para que todas as peças fiquem prontas. São mais de 250 túnicas que são utilizadas. Todo o esforço compensa”, conta o diretor do espetáculo Ranieri Moriggi, que está à frente da encenação desde 2002.

Ao todo, são 80 atores e figurantes, todos amadores e moradores de Muçum e municípios vizinhos, que se dividem em quatro cenários físicos e dois espaços no gramado da praça. Para a primeira dama e secretária municipal de Ação Social, Cultura, Turismo e Desporto, Jacinta Casagrande, a Paixão de Cristo de Muçum só pode ser realizada, graças ao voluntariado e a cooperação entre o Poder Público e a comunidade. Ela salienta ainda que é notório ver no rosto de cada participante o amor e a dedicação colocados em prática para retratar a história de fé. “A Paixão de Cristo é um evento que têm crescido com o passar dos anos, sendo fundamental para fomentar o turismo, já que grande parte do público vem de toda região e diversas partes do Estado. Sabemos também que o evento só é possível com o comprometimento dos integrantes da AMA, que se dedicam sem medir esforços para alcançar sempre o mesmo resultado exitoso”, salienta.

Participante desde o ano de 2002, Renan Nardin, que interpreta o governador Pôncio Pilatos, afirma que a cada ano é uma expectativa e emoção diferente. Ele ressalta que a edição de 2019 vem cheia de novidades, fruto de um trabalho feito por muitos e que se fazia necessário, pois o público que vem para a cidade assistir à encenação espera, a casa ano, uma surpresa. “Estou muito ansioso para ver o resultado de um trabalho totalmente novo este ano. Pois foi inovado o texto, figurino e cenários. Fico muito feliz em estar participando desde o início deste espetáculo. Eu pude vivenciar toda evolução que cada vez mais encanta Muçum e região”, comenta.

Programação
Conforme Moriggi, o espetáculo deve começar pontualmente, às 20h. Para que isso ocorra, o protocolo de abertura do evento iniciará às 19h45min. “Nos últimos anos, conseguimos iniciar o espetáculo com atrasos de cinco minutos, justamente, pela realização do cerimonial. Então, para evitarmos, iniciaremos essa parte um pouco antes, para começarmos pontualmente a encenação”, explica.

Estrutura
Com sua realização na Praça da Matriz, o público poderá se acomodar embaixo do lonão central, estrutura fixa que é utilizada nos demais eventos do município. Conforme os organizadores, a orientação é de que as pessoas venham com cadeiras para melhor acomodação. “Uma sugestão que fazemos é que o público chegue cedo, para garantir um bom lugar na plateia. Por não haver cobrança de ingresso, a expectativa é de lotação máxima”, observa Moriggi.

 

Assessoria de Imprensa