RSS Rural - Agricultura Destaques Cruzeiro do Sul

Produção de orgânicos garante permanência de jovem na propriedade

Maiquel, Clair e Hilário na colheita de Alface (Foto: Marcio Steiner)
Maiquel, Clair e Hilário na colheita de Alface (Foto: Marcio Steiner)

Faça chuva ou sol, inverno ou verão, as atividades no setor primário não param. Não é diferente na propriedade da família Echert, na localidade de Picada Aurora, em Cruzeiro do Sul. Desde 1971, a família, por iniciativa de Hilário Echert, produz hortaliças. São cerca de 20 espécies: tempero verde, alface, espinafre, couve-folha, radite, agrião, rúcula, entre tantas outras, que são cultivadas de forma orgânica, ou seja, sem nenhum uso de agrotóxico.

Hilário tem o auxílio da esposa Clair Terezinha e do filho mais novo do casal, Maiquel William, de 25 anos. Hilário conta que começou com a atividade a partir de um treinamento do qual participou, no início dos anos 70, em Bom Princípio. Neste meio tempo a família também teve um comércio, no bairro São Cristóvão, em Lajeado. Contudo, o negócio que realmente deu certo foi o cultivo dos orgânicos. A família trabalha em cerca de 1 hectare em Cruzeiro do Sul, e possui outra área na localidade de Nova Santa Cruz, município de Santa Clara do Sul.

O casal possui quatro filhos homens, sendo que o mais jovem resolveu ficar na propriedade para auxiliar na sequência dos negócios. “Trabalhamos muito. Todos os dias da semana. Mas os resultados são positivos”, garante. Na última semana, Maiquel e o pai trabalharam na construção de mais uma estufa na propriedade, a qual irá receber o cultivo de Morangos e Alface.

O cultivo nos canteiros ocorre ao longo de todo o ano, sempre com espécies da época. Para o controle de uma eventual praga é utilizado o sistema de troca de culturas nos canteiros, assim como defensivos naturais, entre eles, o líquido pirolenhoso. A principal clientela dos produtos da família Echert é da cidade de Lajeado. “A maior parte da produção, entregamos para fruteiras e restaurantes. Outros também vêm buscar na propriedade”, salienta Hilário.

Na última semana o coordenador da Secretaria Municipal da Agricultura, Gerson Kolling, fez uma visita à propriedade, para acompanhar a produção, assim como, para ouvir as demandas da família. Recentemente o município destinou uma carga de composto orgânico para os canteiros dos Echert. Material que foi de grande valia para a produção, conforme Hilário.

Texto: Ascom Cruzeiro do Sul