RSS Rural - Agricultura Destaques Ilópolis

Produtores concluem Curso de Boas Práticas Agrícolas na Produção de Erva-Mate

Integrantes de dez ervateiras participaram da formação (Foto: Tiago Bald)
Integrantes de dez ervateiras participaram da formação (Foto: Tiago Bald)

Integrantes de dez ervateiras da parte alta do Vale do Taquari concluíram na sexta-feira (11), no Museu do Pão de Ilópolis, mais uma edição do Curso de Boas Práticas Agrícolas na Produção de Erva-Mate. A capacitação atende à portaria 194/2016, da Secretaria de Saúde do Governo do Estado, que determina as normas para a produção de erva-mate tomando por base a importância dos cuidados sanitários e de boas práticas de fabricação em todas as etapas do processo.

Durante a qualificação, os participantes são orientados em temas como transporte de erva-mate, higiene pessoal, manipulação de alimentos, noções de microbiologia, procedimentos operacionais padronizados e processamento da erva-mate, entre outros. “Nesse sentido, o curso visa não apenas atender a um mercado competitivo e exigente, mas também melhorar a qualidade da erva-mate como um todo, com vistas a garantir a segurança do consumidor”, salienta a engenheira de alimentos da Emater/RS-Ascar, Bruna Bresolin Roldan.

Para Giovane Valério Gaspar, responsável pela ervateira De Valérios, que está no mercado há mais de 20 anos, a capacitação é importante por promover a troca de experiências entre os envolvidos. “Muitas vezes são aspectos que já estão tão presentes em nossas rotinas, que podem até passar despercebidos”, comenta. Para Gaspar, há que se entender a erva-mate cada vez mais como um alimento, que prescinde de qualidade como qualquer outro. “Nesse sentido o curso é capaz de reciclar as nossas ideias em direção a esse caminho”, afirma.

Promovida pela Emater/RS-Ascar – com o apoio do Instituto Brasileiro da Erva-Mate (Ibramate) – a capacitação já formou mais de 60 integrantes ou responsáveis por indústrias ervateiras da parte alta do Vale do Taquari. As atividades também têm ocorrido em outros polos ervateiros do Estado, com a presença de outros instrutores da Emater/RS-Ascar, caso dos extensionistas Ilvandro Barreto de Melo, Mila Noronha e Gaspar Antônio Scheid. O certificado de participação no curso tem validade de quatro anos, devendo ser renovado a partir da participação em um curso de atualização.

Na ocasião da conclusão da atividade estiveram presentes diversas autoridades, como o prefeito de Ilópolis, Edmar Rovadovch; a secretária executiva do Sindicato da Indústria do Mate do Estado (Sindimate), Isabel Paludo e o assistente técnico regional em Organização Econômica da Emater/RS-Ascar, Alano Tonin – na ocasião representando o gerente regional, Marcelo Brandoli. Tonin valorizou a iniciativa, ressaltando a qualidade do trabalho realizado em parceria e já com perceptíveis avanços. “É uma cadeia em que todos se beneficiam, desde o produtor, até o consumidor”, ponderou.

Texto: Ascom Emater