Rural - Agricultura Muçum

Produtores receberão calcário para correção, recuperação e manutenção do solo

Insumo deve beneficiar 65 agricultores

Em breve as atividades agrícolas de Muçum serão incrementadas com a destinação de 862,5 toneladas de calcário dolomítico para cerca de 65 produtores rurais. O produto será adquirido pela Administração Municipal através da conquista de recurso de pouco mais de R$ 55,2 mil, via Consulta Popular votada em 2017, além de quase R$ 10 mil em contrapartida do Município.

Os beneficiados efetuaram inscrição na Secretária de Planejamento. Neste mês, o Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural se reuniu no Auditório Adelaide Boniatti, na Prefeitura, onde se discutiu de que forma o produto chegará às propriedades. O Poder Executivo enviou ao Poder Legislativo um projeto de lei que trata também do transporte do insumo até os produtores. O documento isenta os agricultores de subsidiar o frete, obrigando-os apenas a pagar o combustível e o pedágio. Assim que aprovado e passado processo licitatório, ele estará apto para a compra e distribuição.

O titular do Planejamento, Tiago Strieski, explica que o calcário vai proporcionar a possibilidade de correção, recuperação e manutenção do solo, o que deve gerar um aumento da produtividade. Os contemplados se dividem em produtores de grãos, de leite e hortifrutigranjeiros. “É uma medida que fomenta a produtividade e, mais importante que isso, estimula a permanência dos produtores no campo, algo que estamos trabalhando de diversas formas. O auxílio na aquisição de insumos é uma delas”, explica Strieski.

 

Assessoria de Imprensa de Muçum