Saúde Destaques Muçum

Profissionais de Saúde realizam curso de Shantala

Profissionais de Muçum implantarão técnica em Oficina de Gestantes

Em nome da Administração Municipal, através da Secretaria de Saúde, a enfermeira Mariéli Castoldi e a fisioterapeuta Regina Coletti, realizaram no dia 12 deste mês, o curso “SHANTALA: a Arte de Transmitir Amor e Saúde pelas Mãos”, na Univates, com outras 15 interessadas da região. A técnica será implantada e ensinada durante as atividades do grupo de gestantes do município.

A técnica de massagem em bebês oferece vários benefícios como: massagem preventiva (fortalecimento do sistema imunológico); fortalecimento do vínculo e a troca afetiva entre pais e filhos; desenvolvimento da consciência do próprio corpo; estímulo do sorriso e interação; e auxílios no ganho de peso para o bebê e o sono tranquilo.
Além disso, estudos realizados no Instituto de Pesquisa do Toque, da Faculdade de Medicina da Universidade de Miami – EUA, dão conta de que a Shantala, regula funções fisiológicas digestivas e respiratórias (o que contribui para evitar a manifestação de cólicas, prisão de ventre e dor de barriga, e favorecer a digestão).
História da Shantala
Não existem registros de como ela surgiu, apenas sabe-se que teve início no Sul da Índia, e era tradição uma mãe ensinar a filha a massagear seu bebê. A descoberta foi feita por um médico ginecologista e obstetra francês, Dr. Frédérick Leboyer. Em uma de suas viagens para a Índia, se deparou com uma cena habitual nas ruas de lá: uma jovem mãe, de nome Shantala, massageava seu bebê em plena rua de Calcutá.
O médico achou a cena de amor e carinho entre mãe e bebê maravilhosa, e pediu para fotografá-la. Ele observou que o ambiente era completamente hostil, mas a mágica da massagem, com seus movimentos lentos e harmônicos, fazia com que aquele local fosse transformado.
Na década de 70, Leboyer lançou um livro mostrando as técnicas dessa massagem, que até então não tinha nenhum nome. Shantala foi escolhido por ele, pois era o nome da mãe que ele havia fotografado. A partir de então, a Shantala vem tomando popularidade devido a seus efeitos. Na Índia esta prática faz parte dos afazeres diários das mamães.
Fonte: Prefeitura de Muçum