Artigos - Desenvolvimento Rural

“Programa Erva-Mate: uma cultura aberta” – por Damiani Gabiatti Biasibetti

Damiani (Foto: Divulgação)

O Programa Erva-Mate Uma Cultura Aberta tem por objetivo ampliar os horizontes sobre a cultura, visando a sustentabilidade e promoção do desenvolvimento da cadeia produtiva regional da erva-mate. O mesmo se estruturara em diferentes fases, com intuito de impulsionar projetos para vários seguimentos, buscando montar estratégias para alcançar uma ampla gama de pessoas.

Os projetos serão voltados para fomentar a utilização da erva-mate como um produto que possa enriquecer a vida de seus usuários tanto na parte nutricional quanto cultural. Cada projeto será direcionado para um seguimento do ramo da cultura, com objetivo de levar informação e capacitação da utilização da erva-mate em diferentes frentes.

Os projetos terão engajamento cultural e social, com implementação de ações e atividades, sejam próprias do projeto ou em parceria com entidades governamentais ou parcerias publico privadas, com objetivo de resgatar características culturais.

Entenda cada projeto:

MATE BREAK UMA PAUSA PARA VIVER
O Mate break é indicado para reuniões, palestras, seminários, onde os integrantes possam socializar, relaxar, e ainda consumir alimentos e bebidas mais saudáveis, dentro de uma dinâmica que os possibilitem conhecer e fortalecer nossas tradições. Trazendo assim toda uma gama de produtos voltadas para a cultura da erva-mate, o Mate Break pode ser apresentado em diferentes formatos e períodos.

Os menus do Mate Break são adaptados conforme desejos e necessidades de cada cliente. Elaborado com cardápios customizados, alinhados a imagem corporativa da sua empresa ou evento.

ERVA-MATE NA MESA: SAÚDE PARA A VIDA

O projeto Erva-mate na mesa, saúde para a vida, visa levar para a mesa do consumidor os benefícios que a erva-mate traz em sua composição, pensando não apenas na parte nutricional, mas também como a aquisição de hábitos mais saudáveis. O projeto busca levar tais iniciativas até a mesa do consumidor por meio de ações que visem levar conhecimento e capacitação para a utilização da erva-mate em diferentes produtos, e informações de saúde e qualidade de vida.

O projeto tem como público alvo em suas ações, profissionais liberais, instituições públicas e privadas que tenham a responsabilidade no preparo de alimentos, visando levar a esses profissionais o grande potencial da erva-mate para a promoção de qualidade de vida, e conferir permanência diária em nossas mesas, sejam das famílias, escolas e empresas.

ERVA-MATE NA MERENDA: MAIS SAÚDE NA ESCOLA

O Projeto Erva-mate na merenda, mais saúde na escola, visa tornar a alimentação escolar ainda mais nutritiva, com a inclusão da erva-mate no cardápio da merenda escolar, buscando beneficiar-se do potencial nutritivo da erva-mate e ainda estimular o consumo de diferentes formas que atendam os mais variados paladares.

O projeto traz como implemento a sensibilização dos gestores municipais, através de reuniões com os conselhos municipais e demais envolvidos na alimentação escolar, e incentivar o regulamento desse projeto através de lei ou decreto municipal, onde contemple a formação e treinamento dos profissionais responsáveis pela elaboração da alimentação escolar.

PROJETO CHIMARRÃO: UM ELO COM AS GERAÇÕES

O projeto chimarrão, um elo com as novas gerações, traz como objetivo incentivar e estimular o hábito de tomar chimarrão, visando manter viva a caracterização da identidade do povo gaúcho com suas tradições. Onde o chimarrão e a bebida que primeiro nos apresenta a erva-mate, além de integrar e socializar os povos, unindo gerações.

Considerando a importância do chimarrão como símbolo oficial do Rio Grande do Sul, instituído através da Lei estadual n° 11.929/03, o projeto busca estimular novos consumidores através de oficinas de chimarrão, estudos histórico-culturais, visitas técnicas a industrias do ramo, gincanas, produções artísticas e culturais.

Damiani Gabiatti Biasibetti
Coordenadora Executiva | Programa Erva-Mate Uma Cultura Aberta