Educação RSS Santa Clara do Sul

Projeto abre vagas a profissionais da educação em Santa Clara do Sul

Os vereadores aprovaram dois projetos na sessão realizada quarta-feira, dia 15 de fevereiro. Um deles autoriza o Executivo a contratar, em caráter temporário e atendendo excepcional interesse público, profissionais para as funções de professor, educador infantil e servente durante o ano de 2017.

Conforme a mensagem justificativa, o objetivo é substituir profissionais titulares que se afastarem dos seus cargos devido à licença-gestante, férias, licença-saúde, para ocupar funções na Secretaria da Educação e por outros afastamentos legais previstos no Regime Jurídico. O processo seletivo simplificado para suprir essa demanda foi realizado em janeiro deste ano.

Outra matéria aprovada pelo Legislativo permite que o governo municipal convoque, por mais 20 horas semanais, um profissional ocupante do cargo de assistente social para exercer a função de coordenação do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS). Assim, o profissional passará a ter uma carga de trabalho de 40 horas semanais, vigorando de 1º de março a 31 de dezembro de 2017.

Helena Herrmann (PMDB) apresentou a nova identidade visual da administração municipal, cujo ponto principal é servir de suporte para o desenvolvimento das pessoas, tendo o ser humano no centro das ações. As pessoas formadas pelas flechas representam os três eixos principais de governo: Segurança, Saúde e Educação. Sugerindo a união para fazer melhor, o logotipo significa a sabedoria para analisar as situações que serão encontradas pelo caminho e a coragem para tomar as decisões corretas e necessárias pelo bem coletivo.

Helena ainda citou a participação da Liga de Combate ao Câncer na organização do espetáculo teatral “As Mãos de Eurídice – Enlouqueceram o Gumercindo”, realizado na sexta-feira, dia 17, no Salão Paroquial. Também apresentou alguns números da Copa Cidade das Flores de Futebol Infantil, que ocorreu de 13 a 19 de janeiro. Segundo ela, houve a participação de 1.485 atletas e dirigentes, 69 equipes e 33 clubes. Ocorreram 143 partidas e foram marcados mais de 400 gols. Os times de Santa Clara foram campeões nas categorias 2002 e 2003.

Márcio Haas (PTB) agradeceu a oportunidade recebida dos colegas vereadores para presidir o Legislativo em 2017. Parabenizou os secretários municipais e o prefeito Paulo Kohlrausch pelo trabalho desenvolvido nesses primeiros dois meses de governo. Quanto às estradas, disse que primeiramente serão feitas as gerais e depois as vicinais. Também citou as mobilizações regionais no sentido de discutir o formato de concessão de pedágios na BR-386. “Temos que evitar que nos coloquem esse projeto de concessões goela abaixo”, frisou.
 
Aposentadoria rural

Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Santa Clara do Sul, Luis Gustavo Mallmann usou o espaço da tribuna para pedir que os vereadores se juntem à mobilização contra a proposta da Reforma Previdenciária que afeta a aposentadoria rural.

Mallmann sugeriu que os parlamentares intercedam junto aos deputados para evitar que a Reforma Previdenciária seja votada e aprovada com o texto original. Segundo ele, é necessária a revisão de várias propostas, entre elas a que amplia o tempo de trabalho dos agricultores para 65 anos, tanto para homens quanto para mulheres. “Isso significa 15 anos a mais de lida no campo para um casal de trabalhadores rurais”, exemplificou.

De acordo com o presidente, em Santa Clara do Sul existem 1.142 benefícios rurais que geraram um montante de R$ 11,4 milhões em 2016 por meio da Previdência Rural. Por fim, convidou a todos para participarem da mobilização em Santa Cruz do Sul, nesta terça-feira, dia 21. Haverá ônibus com saída às 7h30min na sede do STR e retorno previsto para as 16h. Outro manifesto ocorrerá em Santa Rosa, no dia 23.

Fonte: Ass. de Imprensa da Câmara de Vereadores de Santa Clara do Sul