Saúde RSS Estrela

Projeto do Cami será apresentado em congresso nacional do Conasems

Centro atende gestantes e crianças até os dois anos de idade (Foto: Rodrigo Angeli)
Centro atende gestantes e crianças até os dois anos de idade (Foto: Rodrigo Angeli)

O Centro de Atendimento Materno-infantil (Cami) de Estrela foi um dos projetos selecionados para a 14ª Mostra Brasil aqui tem SUS, que será realizada dentro do 33º Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), que ocorre de 12 a 15 deste mês, em Brasília (DF).

O projeto foi inscrito na categoria Atenção Básica e está entre os 300 municípios brasileiros selecionados e os 21 do Rio Grande do Sul. O melhor de cada região do país, cujo julgamento ocorrerá durante o Congresso, no dia 15, receberá um prêmio de R$ 10 mil.

O Centro de Atendimento Materno-infantil foi implantado por meio de uma parceria do Governo de Estrela, através da Secretaria da Saúde, e da Univates. Atende gestantes e crianças com até dois anos de idade pelo Sistema Único de Saúde (SUS), disponibilizando consultas e procedimentos nas áreas de ginecologia, obstetrícia e pediatria com o objetivo de fortalecer a rede de atenção à saúde e qualificar a atenção primária.

A apresentação está marcada para o dia 13 e será feita pela enfermeira Débora Martins, que estará acompanhada pelo secretário da Saúde Elmar Schneider; pela coordenadora acadêmica administrativa do Centro, Pâmela de Souza, e pela enfermeira da Secretaria da Saúde, Leandra Baldissarelli. Haverá também  um vídeo sobre o trabalho e atendimentos prestados no local.

Os vencedores da Mostra, por região, vão faturar R$ 10 mil e um município de cada estado do país terá sua experiência registrada em vídeo no formato documentário. Além da premiação por região e estados, 36 experiências serão premidas com medalha de reconhecimento, durante as rodas de conversa, dentro de categorias temáticas.

Investimento no ser humano
O secretário da Saúde, Elmar Schneider, destaca a seleção do projeto, mas enfatiza que a importância maior é o investimento no ser humano, na vida. “Hoje propiciamos, em Estrela, acompanhamento pelo SUS às gestantes e seus filhos até completarem dois anos”, frisa. Segundo ele, o pré-natal é essencial para garantir uma maternidade saudável. “Temos que cuidar bem de nossos filhos”, afirma. Schneider enaltece a parceria com a Univates, que está tornando possíveis as ações nesta área.

“O Centro Materno-infantil é um local onde o ensino em uma universidade comunitária, como é caso da Univates, se encontra com o serviço e beneficia a comunidade. Como uma das diretrizes da área da saúde na instituição, o tripé ensino-serviço-comunidade foi o que levou a Univates a buscar uma iniciativa como essa”, diz o diretor clínico técnico do Centro Clínico Univates, Carlos Dorneles.

Segundo ele, além da comunidade se beneficiar com o atendimento, os alunos são grandes privilegiados, porque aprendem com professores com titulação e especialistas na área. “Ser selecionado para a Mostra corrobora que nossa iniciativa é exitosa, tanto que está sendo reconhecida. Isso mostra que estamos fazendo a coisa certa e reforça nossa atuação comunitária”, enfatiza.

Texto: Ascom Estrela