RS RSS Obras Destaques

Projeto hidroviário em Rio Pardo pretende fomentar indústria gaúcha

PORTO ALEGRE, RS, BRASIL 29.09.2016: O governador José Ivo Sartori recebeu, na manhã desta quinta-feira (29), o grupo responsável pela construção do Porto Fluvial em Rio Pardo. Na ocasião, foi apresentado o desenvolvimento do projeto e novas alternativas para o empreendimento. Participaram da reunião o secretário adjunto de Estado dos Transportes, Vanderlan Frank Carvalho; secretário do Planejamento, Indústria e Comércio, Adoldo Menezes; diretor superintendente de Portos e Hidrovias, Luiz Alcides Capoani; diretor de infraestrutura da Secretaria dos Transportes, Ivan Bernol, além de representantes do Projeto Hidrosul, membros do consulado da Holanda e autoridades locais. Foto: Karine Viana/Palácio Piratini
Governador José Ivo Sartori recebeu representantes do Projeto Hidrosul (Foto: Karine Viana/Palácio Piratini)

O governador José Ivo Sartori recebeu, nesta quinta-feira (29), os representantes do Projeto Hidrosul, responsável pela construção do Porto Fluvial em Rio Pardo. Na ocasião, foi apresentado o desenvolvimento do projeto e novas alternativas para o empreendimento. A iniciativa pretende movimentar o município e desenvolver ainda mais a rota de caminhões na região.

De acordo com o secretário do Planejamento, Indústria e Comércio, Adolfo Henrique Bayan de Menezes, o porto absorveria 80% dos grãos dos setores de tabaco, grãos e madeira do Rio Grande do Sul por meio de um projeto trimodal, que envolve rodovias, ferrovias e hidrovias. “É algo que irá fomentar ainda mais a indústria gaúcha. Estamos iniciando a área ambiental do projeto e analisando todas as possibilidades. A expectativa é a de que, em dois anos, o Projeto Hidrosul esteja em funcionamento”, avaliou.

“O porto transforma não só o Vale do Rio Pardo, mas também permite à região e ao interior do estado baratear o frete, tanto para o escoamento da safra quanto para a chegada de insumos. Além disso, também irá ofertar empregos e gerar renda no município”, afirmou o deputado estadual Edson Brum.

Projeto Hidrosul
Segundo o coordenador jurídico do projeto, Marco Antônio Miranda Guimarães, o empreendimento tem foco no transporte de barcas e permite reduzir o custo e a logística do processo. “Uma barca pode fazer o transporte de até 140 caminhões. Ou seja, vai ser uma grande otimização de tempo e investimento. Além disso, movimentará muito a hidrovia da região”, explicou.

Participaram da reunião o secretário adjunto dos Transportes, Vanderlan Frank Carvalho; o diretor superintendente de Portos e Hidrovias, Luiz Alcides Capoani; o diretor de infraestrutura da Secretaria dos Transportes, Ivan Bernol, além de representantes do Projeto Hidrosul, membros do consulado da Holanda e autoridades locais.

Texto: Ascom Estado