Oportunidade Social Estrela

Quase mil eleitores elegem os novos conselheiros tutelares

Após encerramento da votação foi feita a apuração dos votos

Os cinco titulares assumem o cargo em janeiro do ano que vem, para um mandato de quatro anos

Um total de 962 eleitores foi às urnas, no domingo (06.10), para escolher os novos conselheiros tutelares do município de Estrela. Dez candidatos disputaram as cinco vagas de titulares, sendo eleitos Paulo Roberto Martins (416 votos); Lisiane Zancanaro Deifeld (413 votos); Janice Scheer Michels (407 votos), Tatiana Patricia Rodrigues Trindade (368 votos) e Maria Isabel Schilling (306 votos).

Os suplentes são José Juares de Freitas (232 votos); Luiz Carlos Pereira dos Santos (218 votos); Luana Raquel dos Santos (217 votos); Pamela Gabriele Barcelos Guedes (155 votos) e John Clever de Souza (131 votos). A votação foi realizada das 8h às 17h, no ginásio do Colégio Santo Antônio, onde a Justiça Eleitoral disponibilizou oito urnas eletrônicas.

 

Quase mil eleitores foram às urnas para eleger os novos conselheiros

Logo após a apuração foi anunciado o resultado pela presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica), Carla Kalsing. Todo o processo foi coordenado pelo Comdica, com apoio técnico da Secretaria Municipal da Administração e fiscalização do Ministério Público. Cada eleitor pôde votar em até cinco candidatos. Os eleitos assumem a função em janeiro de 2020, para um mandato de quatro anos.

A presidente do Comdica, Carla Kalsing, ressaltou a transparência do processo, que antes da votação direta por parte dos eleitores contou com prova teórica, de caráter eliminatório, e capacitação. “O Comdica, Secretaria da Administração e Recursos Humanos e Ministério Público trabalharam unidos para que chegássemos ao dia de hoje – data da eleição – com tranquilidade”, enfatizou Carla. Segundo ela, tudo transcorreu com normalidade, não sendo registrada nenhuma ocorrência que pudesse prejudicar o pleito.

O secretário da Administração e Recursos Humanos reforça as colocações da presidente quanto à transparência e tranquilidade com que transcorreu o processo. Jônatas dos Santos aproveita para agradecer a todos os eleitores que compareceram, ressaltando a importância do papel social dos conselheiros na defesa dos direitos das crianças e adolescentes. A expectativa, conforme ele, é de que nos próximos anos aumente a participação da comunidade.

O cargo de conselheiro tutelar requer dedicação exclusiva, sendo vedado o exercício simultâneo de qualquer outro cargo, emprego ou função pública ou privada. A jornada de trabalho é de segundas a sextas-feiras, das 8h às 11h30min e das 13h30min às 17h, além de plantões e atendimentos. A remuneração mensal é de R$ 1.279,67, mais benefícios como vale-alimentação, férias remuneradas e 13º salário.

 

Texto: Paulo Ricardo Schneider
Assessoria de Imprensa Prefeitura de Estrela