Artigos - Saúde e Bem-estar

“Quero emagrecer e tem que ser já!!” – por Eliana Giacobbo

Eliana Giacobbo (Foto: Divulgação)
Eliana Giacobbo (Foto: Divulgação)

“Minha vida é uma correria”; “Não tenho tempo para mais nada”; “A vida é uma loucura”. Essas são frases ouvidas cada vez com maior frequência na nossa rotina. Muitas ou a grande maioria das pessoas comem trabalhando, assistindo TV, em frente ao computador, no wattsApp ou Facebook distraídos ou “alienados”, sem prestar nenhuma atenção ao que e ao quanto está sendo engolido.

É como o exemplo do rato de laboratório que gira na roda, sem cessar, só que no caso de nós, seres humanos, entramos em uma roda e giramos sempre da mesma forma, sem sair da roda para questionar: o que estou fazendo com a minha vida, com a minha saúde, com o restante dos dias que tenho neste mundo? Cada vez que a roda dá uma volta é mais um dia que foi do mesmo jeito, fazendo tudo ligado no piloto automático, por que “é assim”.

Acorda de manhã, toma o café, vai para o trabalho, vai para o almoço, almoça, vai para o trabalho, faz mais “n” coisas e vai dormir e… o que eu comi hoje mesmo? Quanto comi? Se eu falasse com o meu estômago o que ele me diria? Afinal, qual é o tamanho do meu estômago atualmente? Se eu falasse com o meu pâncreas qual a mensagem ele iria me enviar? Que sabor tinha o último alimento que consumi? Qual o tempo utilizado, normalmente, com minha a alimentação? Se eu vendasse os olhos para comer como seria? Comeria a mesma quantidade?

Quando uma pessoa possui um projeto de vida, ela investe muitas horas para que seu projeto tome forma, às vezes muitos anos, diariamente, como conquistar um diploma. Em relação à saúde e eliminação de peso a grande maioria deseja um milagre, um milagre sem planejamento, um milagre sem dedicação, sem pensar.

Como seria adquirir um diploma ou adquirir uma casa sem pensar ou sem planejar? Como um corredor de maratona se tornou um atleta? Com certeza um dia ele deu o primeiro passo, e nesse dia ele não estava com alto índice de massa magra. Foram ações uma atrás da outra que levaram ele ao pódio. Trocar hábitos segue na mesma linha, e preciso sair um pouco da roda da vida, observar, voltar para a roda, mudar o jeito, sair novamente da roda, entrar e mudar a velocidade, sair, observar, planejar, voltar, aplicar novas ideias e aos poucos elaborar a nova corrida da vida.

Posso dar uma nova forma para a minha vida se estou vendo a vida dos outros? Sim, modelando. Vendo alguém que eu admiro que faz o que eu gostaria de fazer e aplicando na minha vida. Somente para isso, do contrário, os meios de comunicação e os formatos digitais somente nos distraem e nos tiram o foco da vida que eu gostaria de ter, mas que “não tenho tempo para começar”. Uma nova forma corporal necessita uma nova forma de olhar a vida, uma rotina diferente, pensar sobre cada atitude, cada ação. Se realmente não temos tempo para iniciar uma mudança, então pelo menos agradecemos pelo que já somos, quem sabe um dia consiga reservar tempo para melhorar a minha saúde e viver, só não devemos esperar muito para que não corra o risco de ficar tarde demais.

Boa semana!!!

Eliana Giacobbo – Nutricionista Coach de Emagrecimento