Educação RSS Estrela

Rede municipal recebe mais de 530 novos alunos desde 2013

Hora do Conto na Emei Espaço dos Sonhos, uma das atividades que alunos dispõe (Foto: Rodrigo Angeli)
Hora do Conto na Emei Espaço dos Sonhos, uma das atividades que alunos dispõe (Foto: Rodrigo Angeli)

A rede municipal de ensino de Estrela – formada por 11 escolas de Educação Infantil e nove de Ensino Fundamental – recebeu mais de 530 novos alunos desde 2013. Isto representa um crescimento de quase 20%. Na recente palestra do prefeito Rafael Mallmann na Reunião-almoço da Cacis, este foi um dos dados que mais chamou a atenção dos presentes. Estrela conta hoje com 3.348 crianças matriculadas, das quais 1.477 na Educação Infantil e 1.871 no Ensino Fundamental, mas cujos números crescem semana após semana.

Conforme a avaliação de Mallmann, o crescimento se dá muito por conta da qualidade dos serviços prestados e investimentos realizados, o que leva a maior confiança por parte da população nos serviços oferecidos. Município já supera metas locais e nacionais estipulados para 2024.

O maior crescimento foi verificado na Educação Infantil, que atendia 1.166 crianças em 2013, e que hoje chega a 1.477. São exatas 311 vagas abertas desde que o prefeito Rafael Mallmann assumiu o governo, o que praticamente acabou com a fila de espera. O secretário de Educação, Marcelo Mallmann, ressalta este crescimento na Educação Infantil. “Ele ocorre porque aumentou a necessidade dos pais se dedicarem mais ao mercado de trabalho, e com isso nosso desafio na ampliação de ofertas”, destaca o titular da pasta.

Metas

Conforme o secretário, Estrela já supera facilmente metas municipais e nacionais. “A meta do Plano Municipal de Educação era chegarmos a 2024 com 65% da população de 0 a 6 anos atendidas em escolas. Hoje já temos 82% desta população”, detalha. “Maior ainda que a meta nacional, que é de 50%”, diz. “E muitos destes alunos também participam do programa Mais Educação, que são atendidos no turno inverso ao escolar pois as famílias precisam dedicar mais tempo ao mercado de trabalho. Em 2013 eram duas escolas com este programa e cerca de 150 alunos atendidos. Hoje já funciona em seis escolas e mais de 500 alunos.”

Novas escolas

O investimento em novas Escolas Municipais de Educação Infantil (Emeis) é um dos responsáveis pelo crescimento de alunos matriculados, e ajudou a diminuir a fila de espera por vagas. A Emei Espaço de Sonhos, do Bairro Pinheiros, é uma delas. Inaugurada em julho do ano passado, entrou em operação com pouco mais de 50 alunos, com idade entre 4 meses e 5 anos e 11 meses. Em duas semanas de funcionamento o número de alunos atendidos pulou para 90, e no inicio do ano letivo de 2017 eram mais de 130. Expectativa é que fecha o ano com mais de 150.

Alice Yasmin Costa Pereira, de quatro anos, é uma das alunas que está apenas começando a conhecer o novo prédio da creche, que conta com oito salas de aula, além de outros espaços de aprendizagem, como biblioteca, informática e área de convivência. Na segunda-feira, dia 3, ela fechou o primeiro mês de aula. Diz gostar das amigas, das professoras, e aponta corretamente para os locais onde dorme e faz os trabalhos. O padrasto de Alice, André Moura da Rosa, se mostra muito agradado. “Ela acorda bem disposta para ir para a escola. Fala muito das novas amiguinhas, das professoras. Hoje, até pela escola ser perto de casa, não teríamos motivos nenhum para tirá-la da rede municipal.”

Para a diretora Adelaide Maria Caliari, os pais se mostram satisfeitos com os serviços oferecidos. “Temos a constante chegada de novos alunos, muitos de outras escolas, até mesmo particulares. Os pais estão felizes com nossa metodologia, forma de acolhimento das crianças e nossa estrutura como um todo”, detalha.

Texto: Ascom Estrela