Mundo Economia Brasil

Redecker: “Energias limpas e renováveis aproximam Brasil e Alemanha”

O estímulo às energias limpas e renováveis e a cooperação na geração de uma energia sustentável foi o principal tema abordado em encontro promovido pelo Grupo Brasil-Alemanha, nesta quinta-feira (21), na Câmara dos Deputados, com representantes do parlamento alemão. O deputado federal Lucas Redecker integra o grupo e entregou à delegação um exemplar do Atlas Eólico e do Atlas Solarimétrico, que demonstram o potencial gaúcho para a geração de energia eólica e solar, respectivamente. O embaixador alemão Georg Witschel e a deputada alemã Yasmin Fahimi estavam entre os presentes.

Redecker contextualizou a participação do Rio Grande do Sul no cenário nacional para produção de energia eólica e falou que o país, de um modo em geral, tem um imenso potencial para a geração de energias renováveis. A tendência, acredita Redecker, é de que o governo Bolsonaro faça inúmeros leilões de energias renováveis, diminuindo assim a dependência da matriz hídrica, hoje a principal fonte de energia do país. Redecker lembrou que o Rio Grande do Sul, por ser um estado onde a atividade agrícola é predominante, tem um imenso potencial para produção de energia a partir da biomassa e que ainda é pouco explorado.

O encontro serviu para a apresentação dos parlamentares que integram o Grupo Brasil-Alemanha e para a apresentação dos temas que os parlamentares consideram importantes a serem desenvolvidos em conjunto. Neste sentido, foram citados como pautas prioritárias o desenvolvimento tecnológico, a migração e agricultura. A ideia do grupo é unir diversas ideologias políticas para construir pautas produtivas e eficientes para os dois países. A deputada alemã Yasmin Fahimi afirmou que pretende construir um intercâmbio de cooperação entre as duas nações, pois considera o Brasil o país mais importante da América Latina hoje.

Informações:

Assessoria de Comunicação

Gab. Dep. Federal Lucas Redecker