RS Encantado RSS Rural

Representantes da SEAD buscam expertise Dália para levar a outros estados do Brasil

Membros da SEAD buscou modelo Dália para levar a outros estados brasileiros (Foto: Carina Marques)

Quatro representantes da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (SEAD) estiveram na sede da Dália Alimentos, em Encantado, na terça-feira, dia 10 de julho, para conhecer mais acerca do Programa Condomínios Leiteiros com Ordenha Robotizada, estabelecidos pela cooperativa nos municípios de Nova Bréscia, Roca Sales, Arroio do Meio e Candelária.

Estiveram na empresa o líder da comitiva, o delegado federal, Márcio de Andrade Madalena; o coordenador geral de Formação e Inovação, Gereissat Rodrigues Almeida; o consultor de Política para Cadeia do Leite, Moisés Soares e o diretor do Departamento de Assistência Técnica e Extensão Rural, Rodrigo Venturin.

O quarteto foi recebido pelo presidente do Conselho de Administração da cooperativa, Gilberto Antônio Piccinini; pelo gerente da Divisão Produção Agropecuária, Igor Weingartner; pelo supervisor de Tesouraria, Fernando Pagliari, pela supervisora de Exportação, Márcia Daltoé e pelo supervisor de Marketing, Nei Quinto Barzotto.

Piccinini explicou a ideia do projeto, que consistia em juntar pequenos produtores em torno de um empreendimento único e com alta tecnologia empregada, fomentando a continuidade da atividade leiteira, racionalizando custos e buscando maior eficiência. “Buscamos este modelo depois de várias viagens ao exterior, principalmente com a preocupação no futuro dos produtores, principalmente os jovens”. Weingartner apresentou o funcionamento e gestão dos condomínios, Pagliari falou sobre as linhas de financiamento existentes e as necessidades de adequação para viabilização dos projetos. Já Márcia e Barzotto discorreram sobre as ações envolvendo a participação da marca Dália em eventos e feiras, já que a Dália detém o Selo da Agricultura Familiar, concedido pela SEAD.

“Nossa visita à Dália foi justamente com vistas a buscar a expertise da cooperativa em investir nestes grandiosos projetos voltados à agricultura familiar. Nosso interesse é levar o mesmo modelo para outros estados brasileiros, incentivando a experiência exitosa da Dália”, comenta Madalena.

A visita encerrou-se com tour ao Condomínio Leiteiro com Ordenha Robotizada de Arroio do Meio, guiado pelo supervisor do Setor Gado Leiteiro, Fernando de Oliveira Araujo. No local, o grupo visualizar in loco o funcionamento do empreendimento que conta com 312 animais alojados entre vacas, novilhas e terneiras, destas 152 vacas lactantes e produção de 5.016 mil litros de leite diários, uma média de 33 litros de leite/vaca/dia.

Sobre os demais condomínios

No condomínio de Roca Sales, são 340 animais alojados entre vacas, novilhas e terneiras. Vacas lactantes totalizam 156, com uma produção diária de 4.680 litros e uma média de 30 litros/leite/vaca/dia. Em Candelária o rebanho total é constituído de 261 animais, sendo 180 vacas em lactação e uma produção de 6.030 litros por dia, uma média de 33 litros/leite/vaca/dia. Em Nova Bréscia, o empreendimento tem 345 animais acondicionados, 165 vacas em lactação, produção de 4.868 litros de leite por dia e uma média de 29 litros de leite/vaca/dia.

Texto: Ascom Dália Alimentos