Política Investimento Municipalismo RS

Reunião entre Famurs e BRDE detalha planos e metas para o desenvolvimento dos municípios em 2021

Com o objetivo de desenvolver uma série de projetos e ações em 2021 para os 497 municípios gaúchos, o Presidente da Famurs, Maneco Hassen, se reuniu na tarde desta segunda-feira (21.12) com a Presidência do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE).

Durante o encontro, a Presidente do BRDE, Leany Lemos, apresentou ao Presidente da Famurs uma série de alternativas que o banco e a Federação podem construir coletivamente ao longo de 2021. Pautas como a busca de assistência técnica aos municípios, microcrédito, captação de recursos e a geração de cursos para servidores municipais foram debatidas na reunião.

Na abertura da reunião, a Presidente do BRDE, Leany Lemos, apresentou seus planos de gestão e ações. Com o foco na ampliação das ações de captação e repasse de recursos a municípios, a nova gestora detalhou o planejamento que o BRDE possui com os municípios gaúchos e as novas oportunidades de desenvolvimento que devem ser criadas em parceria com a Famurs.

O encontro também serviu para dar continuidade ao projeto de implementação dos ODS, que são os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) estabelecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 2015 e compõem uma agenda mundial para a construção e implementação de políticas públicas que visam guiar a humanidade até 2030. A ideia é definir indicadores para que os municípios possam traçar, melhorando os índices de desenvolvimento do municípios, e gerando linhas de investimento aos municípios. Os 17 ODS envolvem temáticas diversificadas como erradicação da pobreza, segurança alimentar e agricultura, saúde, educação, igualdade de gênero, redução das desigualdades, energia, água e saneamento, padrões sustentáveis de produção e de consumo, mudança do clima, cidades sustentáveis, proteção e uso sustentável dos oceanos e dos ecossistemas terrestres, crescimento econômico inclusivo, infraestrutura e industrialização, governança, e meios de implementação.

O Presidente da Famurs, Maneco Hassen, destacou a importância do encontro e ressaltou uma série de parcerias que a Federação e o BRDE já estão desenvolvendo como a construção do curso de formação e fomento para captação de recursos e desenvolvimento local no contexto da pandemia de Covid-19, que foi realizado em dezembro pela Escola Famurs. Parcerias que tiveram o objetivo de proporcionar formação e contextualização de gestores técnicos dos municípios e consórcios. “O desenvolvimento de cursos entre a Famurs e o BRDE possibilitou que os servidores municipais pudessem ter um aprimoramento em questões como captação de recursos e linha de crédito. Com o objetivo de proporcionar interação e troca de experiências, levando em consideração as condições restritivas atuais e a realidade dos participantes”, destacou o Presidente da Famurs, Maneco Hassen.

O Presidente da Famurs, Maneco Hassen, também destacou que a Famurs está programando um encontro com os novos gestores entre final de janeiro e início de fevereiro para que o BRDE possa apresentar uma série de projetos que podem gerar desenvolvimento para os 497 munícipios gaúchos. Ao final do encontro a Presidente do BRDE, Leany Lemos, disse que o banco está desenvolvendo uma apresentação especial na busca de boas soluções para os prefeitos e prefeitas do RS que assumem suas gestões, a partir de janeiro de 2021. Ex-secretária de Planejamento, Orçamento e Gestão, Leany Lemos teve papel decisivo nas reformas do RS e nas ações de enfrentamento do covid-19. Atuou até junho, quando assumiu a coordenação do Comitê Comitê de Dados do governo do Estado no enfrentamento da pandemia. Leany Lemos teve uma ótima interlocução com a Diretoria da Famurs durante o ano.

O debate entre a Famurs e o BRDE tem o objetivo de promover ações conjuntas para a realização programas, visando o desenvolvimento dos municípios do Rio Grande do Sul, o fomento e a divulgação de oportunidades de investimentos. Participaram da reunião o Presidente da Famurs, Maneco Hassen, o Diretor da Escola da Famurs, João Motta, o assessor da Presidência da Famurs, Márcio Pestana e integrantes do BRDE como a Presidente do BRDE, Leany Lemos, o Diretor de Planejamento, Luiz Noronha, e demais técnicos do banco como Paulo Raffin e André Gotler.

Conforme o BRDE, somando mais de R$ 13,5 bilhões/ano, o BRDE possui a 16ª maior carteira de operações do País e atende às demandas de pessoas físicas e jurídicas dos estados da Região Sul (PR, SC e RS) e Mato Grosso do Sul. Todos os anos, a Instituição responde pela captação e distribuição de R$ 1 milhão em recursos, principalmente para o setor de agronegócios.

 

FONTE: FAMURS