Obras Muçum

Revitalização de praça será inaugurada na sexta-feira

Desde 2016, Muçum trabalha em torno do projeto de revitalização da Praça do Imigrante Italiano. Após três anos de trabalho, na próxima sexta-feira (27), a própria praça será palco da inauguração de sua reformulação, que acontece às 18h30min. Além dos atos inaugurais, na programação está previsto brinquedos infláveis, food trucks e apresentação de artista local.

A obra que recebeu uma nova quadra de esportes, banheiros masculino e feminino, implantação de rampas de acesso para pessoas com necessidades especiais, reboco de muros, construção de calçadas, iluminação led, novos bancos e brinquedos se deu com a conquistas de aproximadamente R$ 250 mil do Governo Federal, através do Ministério do Turismo. A vinda do recurso teve apoio do deputado federal Alceu Moreira. O Município por sua vez investiu pouco mais de R$ 40 mil.

Os trabalhos ocorreram através das pastas de Obras e Viação e Ação Social, Cultura, Turismo e Desporto. A titular da Ação Social, Cultura, Turismo e Desporto, Jacinta Casagrande, garante que a identidade visual do espaço é mantida, afim de preservar sua história, já que em simultâneo a obra seu Espaço Histórico passou por reparos. “Esta praça é histórica e retrata um pouco da cultura do povo de Muçum, muito influenciada pelos italianos. Ela também abriga encontros de ex-moradores e ex-funcionários do Batalhão Ferroviário, que deixaram um legado importante para a cidade”, diz.

O Espaço Histórico consiste em uma réplica de uma pequena vila italiana, com uma miniatura de capitel de Santo Antônio, moenda de cana-de-açúcar, poço de água, casa de madeira típica italiana e duas pedras de moinho colonial. A praça foi inaugurada em 29 de setembro de 1991, com a realização da “Prima Festa Taliana”, que enfatizou os costumes italianos, como o trabalho em cultivar a terra, a religiosidade, a gastronomia e danças típicas.

O prefeito Lourival de Seixas reforça a ideia de que a praça é uma forma de preservação da cultura da comunidade de Muçum e vê espaços públicos como instrumento de garantia da qualidade de vida. “Além de valorizarmos o bairro no qual ela está inserida, acreditamos no ambiente de integração e convívio social que uma praça pode oferecer. Em muitas vezes, quando entregamos uma obra de infraestrutura, resgatamos áreas que estavam depredadas ou abandonadas, passamos a oferecer um lugar bonito, seguro e organizado”.

 

 

Foto/Crédito: Luís Gustavo Bettinelli
Assessoria de Imprensa de Muçum