RS Turismo

Rio Grande do Sul promove seu potencial turístico durante Olimpíada do Rio de Janeiro

Ação da Setel no espaço da imprensa na cobertura dos Jogos Olímpicos apresentou a cultura do Rio Grande do Sul (Foto: Divulgação Setel)
Ação da Setel no espaço da imprensa na cobertura dos Jogos Olímpicos apresentou a cultura do Rio Grande do Sul (Foto: Divulgação Setel)

Jornalistas do mundo inteiro tiveram a oportunidade de conhecer um pouco mais da tradição gaúcha na tarde do domingo (07). Uma ação da Secretaria do Turismo, Esporte e Lazer (Setel) dentro do Rio Media Center (RMC), espaço para profissionais de imprensa que fazem a cobertura dos Jogos Olímpicos, apresentou a cultura do Rio Grande do Sul.

Quem passou pelo local foi recebido por um peão e uma prenda do CTG Desgarrados do Pago; conheceu a preparação do chimarrão e os benefícios da erva mate; viu cortes de carne e dicas para um bom churrasco; e degustou vinho e espumante produzidos no estado. Os profissionais também puderam se cadastrar para o sorteio de um Fam Trip (viagem de jornalistas especialistas de turismo) para o Rio Grande do Sul.

O objetivo dessa ação é gerar mídia espontânea para o turismo gaúcho, mostrando os aspectos geográficos, históricos e culturais das 27 regiões mais atrativas do estado. O RMC deve receber cerca de oito mil jornalistas de mais de 200 países, e a expectativa de audiência mundial é de 5 bilhões de pessoas. A exposição conta com a parceria do Instituto Brasileiro Da Erva-Mate (Ibramate), Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), e da Churrascaria Fogo de Chão. A Setel permanece no RMC, promovendo os destinos turísticos e divulgando a cultura do Rio Grande do Sul, até esta quarta-feira (10).

O diretor de Turismo da Setel, Abdon Barretto Filho, comemorou o resultado da ação e reforçou que esta é uma oportunidade única para o Rio Grande do Sul mostrar todo o seu potencial turístico para o mundo. “O estado é considerado um grande destino, com atrações diferenciadas e que poderão ser cada vez mais associadas às programações internacionais para visitas ao Brasil”.

O correspondente da rádio colombiana Todelar, de Bogotá, Eliberto Bustos, falou da apresentação e elogiou as atividades. “Tivemos oportunidade de conhecer mais sobre a cultura e a ótima gastronomia do Rio Grande do Sul. A ideia de reunir as regiões no Rio Media Center vai ajudar a divulgar o Brasil para o mundo”, afirmou.

Para os parceiros, a atividade também foi considerada produtiva. Amanda Tonezer e Leonardo Guinther, casal do CTG Desgarrados do Pago, que faz parte Sociedade Riograndense fundada em 1857 no Rio de Janeiro, disse que é uma maneira de desmistificar a cultura gaúcha. Valdir Zonin, presidente do Ibramate, vê a chance de difundir a erva-mate, que tem grande potencial de exportação. Já para Vinicius Santiago, sommelier consultor do Ibravin, a atividade une a produção do vinho e do espumante ao turismo, que amplia o interesse de todo o mundo para o Rio Grande do Sul.

Texto: Ascom Estado