Saúde RS RSS Destaques

RS não registrou nenhum caso de doenças neurológicas associadas ao zika

No encontro foi divulgado o balanço e anunciada a renovação das parcerias - Foto: Mariana Carlesso/ SES)
No encontro foi divulgado o balanço e anunciada a renovação das parcerias (Foto: Mariana Carlesso/ SES)

Mesmo com o aumento do número de casos notificados de dengue no primeiro semestre de 2016, o Rio Grande do Sul não registrou nenhum caso de microcefalia ou de doenças neurológicas associadas ao zika vírus. Os dois casos de microcefalia relacionados à zika são de gestantes que adquiriram o vírus em viagens para fora do estado.

A informação é do secretário da Saúde, João Gabbardo dos Reis, que atualizou, na sexta-feira (30), os dados epidemiológicos da dengue, febre chikungunya e zika vírus aos integrantes do Comitê Estadual Intersetorial de Combate ao Aedes aegypti. Gabbardo enfatizou o trabalho e a parceria dos municípios, das entidades, da área médica e profissionais da saúde que possibilitaram resultados tão positivos no controle e combate ao mosquito, principal vetor das três doenças.

A reunião ocorreu na Sala de Monitoramento da SES, em Porto Alegre, e além da divulgação do balanço do primeiro semestre do ano, marcou a renovação e continuidade de parcerias, como a do Sindicato Médico do Rio Grande do Sul e Telessaúde, entre outras.

Texto: Ascom Estado