RS RSS Santa Clara do Sul Geral

Santa Clara do Sul conquista prêmio nacional

Prefeito Paulo Kohlrausch recebendo o prêmio MuniCiência, da Confederação Nacional dos Municípios (Foto: Rafael Simonis)

O Programa Santa Clara Tem Valor é um dos cinco projetos vencedores do prêmio MuniCiência promovido pela Confederação Nacional dos Municípios no sentido de valorizar as práticas mais inovadoras em gestão municipal de todo o país. A definição ocorreu nesta quarta-feira, dia 23 de maio, no palco principal da Marcha dos Prefeitos realizada em Brasília. O projeto ficou em primeiro lugar entre os 252 programas que participaram do concurso.

Além de ter a sua iniciativa divulgada no evento que ocorre no Distrito Federal, Santa Clara do Sul participará de um seminário nacional a ser realizado em outubro e terá a oportunidade de integrar uma visita técnica internacional para intercâmbio de experiências. Ainda terá o programa reaplicado num guia a ser distribuído em nível nacional, para que inspire e sirva de exemplo a outras gestões municipais.

Para o prefeito Paulo Kohlrausch, o prêmio é resultado do trabalho da equipe de servidores públicos e do envolvimento da comunidade e dos empreendedores locais, que aderiram ao programa com o objetivo de profissionalizar e qualificar cada vez mais seus negócios, gerando maiores possibilidades de sustentabilidade econômica ao município.

“Para que consiga atingir o seu objetivo enquanto governo, de proporcionar desenvolvimento e qualidade de vida à população, uma das premissas é a robustez nas receitas próprias. E foi nesse sentido que surgiu o Santa Clara Tem Valor”, destaca o prefeito, agradecendo a todos que votaram na iniciativa. Idealizado pela administração municipal desde agosto de 2017, o programa Santa Clara Tem Valor superou concorrentes de 102 cidades brasileiras.

Passo a passo do programa

– DIAGNÓSTICO: Ao longo do primeiro semestre de 2017, o governo se focou em provocar a reflexão do empresariado e da comunidade em relação à necessidade de mudanças conceituais a fim de alcançar melhores resultados nos setores econômicos. Realizou-se um diagnóstico das principais carências dos empreendimentos, o qual reuniu sugestões tanto de comerciantes como de clientes.

– PARCERIAS: Municiado de informações, o Executivo firmou parceria com a Faculdade La Salle Estrela para definir estratégias e capacitações para fortalecer os setores da indústria, comércio e serviços do município. Posteriormente, o programa também passou a ter a parceria do Sebrae.

– SENSIBILIZAÇÃO: Estabelecidas as estratégias, iniciou-se o processo de mobilização dos empresários locais, seja por meio de reuniões, convites ou pelo contato direto com os empreendedores. O ápice foi o lançamento do programa em agosto de 2017, no Clube Centro de Reservistas, quando foram apresentadas as ações a serem desenvolvidas.

– INCENTIVOS: Por lei, em agosto, o programa Santa Clara Tem Valor foi oficialmente instituído, com o incentivo inicial de R$ 80 mil por parte da administração municipal. Também foi implantado o Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, que serve como interlocutor entre o poder público e a comunidade, definindo onde os recursos devem ser aplicados.

– CAPACITAÇÃO: Criou-se um ciclo de palestras com seis módulos sobre contemporaneidade, atendimento com excelência, gestão financeira e de processos, comunicação e formas de agregar valor ao comércio. Logo após, iniciou-se um curso de gestão visual e vitrinismo. E a economista Patrícia Palermo palestrou sobre a situação econômica do país.

– SITUAÇÃO ATUAL: O debate constante entre governo e comunidade, especialmente por meio do recém criado Comdescla, resultou em um diagnóstico de que os setores econômicos deveriam se integrar, apostar na inovação e na busca constante por qualificação para se destacar no mercado.

– RESULTADOS: É perceptível a mudança de visão de grande parte do empresariado, que assimilou a importância da qualificação. Da mesma forma, empresários têm unido esforços para reestruturar a Associação Comercial e Industrial de Santa Clara do Sul (Acisc) e traçar ações com o intuito de ampliar as vendas. Por meio do conselho discute-se a criação de um calendário próprio de eventos do comércio para 2018. Chegou-se a um consenso de que é preciso criar uma relação de confiança com os consumidores, seja por meio de produtos ou serviços diferenciados, de um atendimento personalizado e com excelência, mas que acima de tudo faça com que os clientes procurem os estabelecimentos comerciais de Santa Clara do Sul ao longo do ano inteiro para suprir as suas necessidades.

Ações para 2018

– O setor da produção orgânica de alimentos receberá especial atenção por meio de parceria firmada com o Sebrae, que implantará um Laboratório de Empreendedorismo no município, focado em práticas para expansão do segmento e que beneficiará diretamente o Programa de Incentivo à Produção Orgânica – Santa Clara Mais Saudável;

– Haverá o lançamento do programa Rede Simples com o objetivo de incentivar o microempreendedor individual e reduzir a informalidade;

– Visando a um maior controle nos processos de vendas e emissão de documentos fiscais e, ainda, a busca por equidade na cobrança da tributação para todos os empresários do município, a equipe de Fiscalização da Prefeitura será fortalecida;

– Com o objetivo de contribuir para uma mudança cultural, em que a iniciativa empresarial seja prática recorrente da comunidade, foi firmada parceria com o Sebrae para que, a partir de 2018, o empreendedorismo passe a fazer parte das atividades educativas nas escolas municipais;

– Por meio da Secretaria da Educação, Cultura, Desporto e Juventude e do Setor de Administração Tributária da Prefeitura, a Educação Fiscal passa a integrar o currículo da Rede Municipal de Ensino a partir deste ano letivo.

Texto: Ascom Santa Clara do Sul