Venâncio Aires Saúde RS Os Vales em Notícia Destaques

Sarampo: Mais de 1200 pessoas foram aos postos no Dia D

O Dia D de vacinação contra o sarampo, que ocorreu no sábado, 15, imunizou 26 pessoas em Venâncio Aires, segundo dados da Vigilância Epidemiológica . No total, 1204 pessoas foram aos postos de saúde. As que não receberam as doses, estavam com a vacina em dia, tendo resultado positivo a ação no Município.

De acordo com a Técnica de Enfermagem da Vigilância Epidemiológica, Cristiane de Jesus Ferreira, não havia meta de vacinação, pois a campanha era seletiva, ou seja, para quem não tinha as doses da vacina do sarampo atualizada.

Cinco postos de saúde estavam abertos no Dia D: UBS Central, UBS Gressler, ESF1 Caic, ESF3 Macedo e ESF4 Santa Tecla.

A campanha é destinada para as crianças a partir dos 5 anos até os jovens de 19 anos, e desde agosto do ano passado, 114 casos de sarampo foram confirmados no Rio Grande do Sul. Um em cada quatro casos registrados no estado foram em pessoas nesta faixa etária.

A segunda etapa de vacinação deverá ocorrer de 3 a 31 de agosto, com público-alvo de 30 a 59 anos.

As vacinas contra o sarampo são importantes para evitar complicações como cegueira e infecções generalizadas que podem levar a óbito.

Campanha

No Dia D, as faixas etárias que procuraram os postos foram:

5 a 9 anos: 600 pessoas, 3 receberam a vacina
10 – 14 anos: 431 pessoas, 5 receberam a vacina
15 – 19 anos: 237 pessoas, 18 receberam a vacina

Ainda, de acordo com a Vigilância Epidemiológica do município, pessoas aproveitaram o horário em que os postos estavam abertos para atualizar as cadernetas de vacinação, assim verificar a condição vacinal e a necessidade de imunização. Diversas pessoas procuraram os locais em busca das vacinas contra febre amarela, tétano, HPV e Meningo.

A campanha contra a doença começou em 10 de fevereiro e termina em 13 de março.

Casos suspeitos ou informações devem ser obtidas no Centro de Atendimento de Doenças Infecciosas que está localizada junto a rua Visconde do Rio Branco, 505, ou entrar em contato pelo 3983-1055.

Sarampo

A doença é viral e altamente transmissível. Uma pessoa doente pode passar para outra por meio da tosse, fala, espirro ou respiração próximo de outras pessoas.

Qualquer indivíduo que apresentar febre e manchas no corpo acompanhado de tosse, coriza ou conjuntivite deve procurar os postos de saúde para a investigação.

Texto: Camila Sehn
Foto: Leandro Osório