Saúde RS RSS Os Vales em Notícia Geral Muçum

Secretaria da Saúde oferece capacitação as equipes de saúde para o novo banco de dados

A Equipe de Saúde de Muçum participou no dia 3 e 4 de fevereiro, juntamente com a Enfermeira coordenadora da Atenção Básica, Mariéli Castoldi, de uma capacitação na organização e atualização do banco de dados de todos as pessoas cadastradas no E-Sus do município. Conforme o consultor, Carlos Pilz, da Empresa Bin Helper, contratada para oferecer o trabalho, o principal objetivo é reorganizar o banco de dados, pois este item será a primeira ferramenta de garantia para assegurar a nova forma de arrecadação de verbas para a saúde do município.

“Estamos organizando o banco de dados, um novo alicerce, que não é só cadastramento, e sim um novo trabalho de melhor atendimento e resultados para todos”, acrescenta Pilz. A partir deste ano, o município que não tiver o cadastro correto de seus habitantes, por número do CPF, e não atender as demais exigências que incluem diversos indicadores de desempenho no cuidado a população, não irá receber verbas para custear atendimentos e projetos na área da saúde. Assim, quanto maior forem os cuidados e melhor forem os resultados, maior vai ser a verba recebida.

Diante disso, conforme a coordenadora da atenção básica Mariéli, “o trabalho das Agentes Comunitárias de Saúde é de fundamental importância, pois é com a coleta de informações nas visitas domiciliares, das ACS, que teremos uma base de dados correta, organizada e atualizada que servirá de base para o uso de todos os profissionais da unidade de saúde, e quem ganha com isso é a população”. Completa dizendo que se os números dos indicadores, como por exemplo, meta de vacinação e acompanhamento as gestantes estiverem ótimos, teremos a garantia do repasse de dinheiro. Alerta também que, se a pessoa não tiver o seu número de CPF no banco de dados do E-Sus de Muçum, corre o risco de não ter o seu cadastro na unidade de saúde, dificultando assim seu atendimento, pois, a partir de agora, o CPF é obrigatório no Cartão SUS.

Para finalizar o consultor, Bruno Tavares, parabenizou Muçum por estar saindo na frente quando investe nessa atualização, pois quem não se adiantar e não fizer as devidas alterações, não vai receber verbas. Outro ponto importante destacado por eles, é conscientizar a população que o Governo Federal está de olho na qualidade e resultados dos serviços oferecidos a população nos municípios, e assim vai fazer verificações periódicas nos indicadores de resultados.

Texto: Clara Margarida Gulart Gelati