Saúde RS RSS

Secretaria da Saúde orienta sobre prevenção ao Jogo da Baleia Azul

LOGOS FOTOS SITE-05A Secretaria da Saúde do Rio Grande do Sul, por meio do Comitê Estadual de Promoção à Vida e Prevenção do Suicídio, esclarece aos profissionais de saúde e à comunidade em geral sobre o fenômeno do suicídio em crianças e adolescentes.

O suicídio é um fenômeno social que, atualmente, constituí-se em um grave problema de saúde pública. O ato de extrema violência contra si mesmo impacta no grupo familiar, escolar e demais segmentos sociais.

Os adolescentes, pelas características dessa fase do desenvolvimento, buscam situações em que possam testar seus limites, tornando-se um grupo de maior vulnerabilidade. No Rio Grande do Sul, os dados de lesão auto-provocada – embora subestimados – mostram a ocorrência de 848 casos, entre 9 e 19 anos de idade, no ano de 2016.

Como o comportamento suicida (lesão auto-provocada, idéias de morte, ideação suicida, plano, tentativa e ato consumado) é vivido muitas vezes no silêncio das famílias, alerta-se para a importância de observar os seguintes sinais:

– Comportamento auto-destrutivo (lesões auto-provocadas, exposição a situação de risco, uso de drogas);

– Isolamento social;

– Manifestação de tristeza e de desejo de morte, verbal ou escrita;

– Irritabilidade e crises de raiva;

– Histórico de suicídio na família;

– Tentativa prévia de suicídio;

– Participação de desafios autodestrutivos, entre os quais o Jogo da Baleia Azul, que tem causado grande mobilização.

Orienta-se a busca de atendimento no serviço de saúde mais próximo.

Texto: Ascom  RS