Investimento Educação Destaques Lajeado

Secretaria Municipal de Educação destina mais de R$ 800 mil para escolas da rede municipal

Pátio da EMEI Espaço Criança será reformulado

O segundo semestre do ano letivo iniciou com novidades para a rede municipal de educação de Lajeado. Nesta semana, a Prefeitura de Lajeado, por meio da Secretaria da Educação (SED), deu início ao repasse de R$ 850 mil para as escolas da rede. Estes recursos são referentes à autonomia financeira prevista na Lei nº 9291/2013. Serão R$ 20 mil para cada uma das 23 Escolas de Educação Infantil (EMEIs) e das 18 de Ensino Fundamental (EMEFs), e outros R$ 5 mil para cada um dos 6 Projetos Vida. Com os recursos, serão beneficiados mais de 8,7 mil alunos. A verba só poderá ser utilizada pelas escolas conforme o plano de aplicação aprovado.

Para receber esse recurso, cada escola teve que apresentar um plano de aplicação, que foi construído em conjunto com as Associações de Pais e Funcionários (APF) e Conselhos nas EMEIs, e com o Círculo de Pais e Mestres (CPM) e Conselhos nas EMEFs. Neste plano, cada instituição elencou suas prioridades. Entre algumas melhorias que serão feitas estão a aquisição de novos equipamentos, como televisões, notebook, ares-condicionados, caixas de som e pequenas reformas como pintura, troca de piso, calçamento e reformulações em pátios.

Para a titular da SED, Vera Plein, o plano de aplicação envolveu a comunidade escolar em um trabalho que exige autonomia e responsabilidade. “Estamos sempre buscando melhorar a qualidade de ensino da rede municipal, de modo que todo o aluno possa permanecer em uma escola dotada de recursos didático-pedagógicos. A participação social e da autogestão é um meio de consolidação da escola democrática”, salientou Vera.

A EMEF Lauro Mathias Müller, que atende cerca de 150 alunos no bairro Planalto, decidiu aplicar o recurso em um sistema de sonorização para eventos, ares-condicionados para o refeitório e salas de aula, aparelhos eletrodomésticos para a limpeza e televisões para salas de aula. “O recurso veio para acrescentar à nossa escola em melhorias que o nosso CPM levaria muito tempo para conquistar. O bom disso tudo foi que a comunidade escolar teve a participação em priorizar as suas necessidades buscando tornar o ambiente mais agradável, que resulta em uma aprendizagem efetiva”, ressaltou a diretora, Betina Zoleica Immich.

Já Marilu Machado, diretora da EMEI Espaço Criança, no bairro Florestal, conta que os R$ 20 mil serão utilizados para alcançar mais um sonho dos professores, pais e crianças: a reformulação do pátio. Entre as mudanças estão o plantio de 56m² de grama, novo brinquedo de madeira, pinturas de desenhos educativos e manutenções de brinquedos antigos.

“A nossa APF merece ser destaque pois é participativa e se empenhou em procurar orçamentos, trouxe ideias e abraçou esse sonho de transformar o pátio da EMEI. Estamos sempre buscando melhorar o ambiente para os alunos que estão aqui hoje e para os que ainda virão”, contou Marilu. Ainda na EMEI, serão instalados novos ares-condicionados, luminárias e serão feitas reformas nas calçadas do educandário.

Para a presidente da APF da EMEI Espaço Criança, Andreia Berté, o educandário conta com o engajamento e envolvimento de toda a equipe escolar na elaboração e execução de projetos. “A escola é o lugar onde nossos filhos passam a maior parte do dia. Para isso, precisamos que o ambiente escolar proporcione funcionalidade e harmonia. Toda verba que recebemos é sempre muito bem-vinda e muito bem planejada entre a equipe”, contou Andreia.

Além deste valor, semestralmente cada escola recebe recursos para manutenção, tendo como critérios as despesas fixas e o número de alunos de cada escola. As obras previstas nos planos de aplicação deverão ser concluídas até dia 15/12.

 

Texto e fotos Pietra Darde
Assessoria de Imprensa de Lajeado