RS Polícia

Segurança Pública avalia situação das vagas do sistema prisional do estado

A intenção é conseguir, dentro da estrutura existente, sanar os problemas em presídios que estão interditadas pela questão estrutural (Foto: Rodrigo Ziebell/SPP)
A intenção é conseguir, dentro da estrutura existente, sanar os problemas em presídios que estão interditadas pela questão estrutural (Foto: Rodrigo Ziebell/SPP)

Prosseguindo no esforço coletivo na busca de alternativas para a liberação de vagas no sistema prisional, o secretário da Segurança Pública, Cezar Schirmer, se reuniu com a superintendente dos Serviços Penitenciários, Marli Ane Stock, e com os diretores de departamento da Susepe, na segunda-feira (12).

A superlotação do sistema penitenciário é tratada como prioridade pela Secretaria da Segurança Pública, nestes primeiros dias da nova gestão. “É necessário estabelecer um processo dinâmico e emergencial, que propicie a transferência dos presos que hoje ocupam espaços nas delegacias de polícia”, salienta Schirmer.

Para apresentar propostas que vão ao encontro do que desejam a autoridades do sistema de Justiça, foi determinado um levantamento completo da situação das vagas existentes no estado e das interdições das casas prisionais que atendem a Porto Alegre e Região Metropolitana. De posse do mapeamento completo, será iníciado um planejamento de liberação das carceragens da Polícia Civil.

A intenção é conseguir, dentro da estrutura existente, sanar os problemas em presídios que estão interditadas pela questão estrutural. “Realizando os procedimentos necessários para desinterditar essas penitenciárias, poderemos expandir a nossa capacidade. Ao mesmo tempo, teremos margem para começar a desenvolver estratégias em curto e médio prazo”, avalia.

Texto: Ascom Estado