Oportunidade Emprego Estrela

Seleção de empregos reúne mais de 130 candidatos em Estrela

Foram mais de 80 vagas oferecidas, sendo que apenas uma empresa de Lajeado fez recrutamento direto para 15 profissionais

Secretário Alves explica processo aos candidatos. Foram mais de 130 pessoas

Às 7h, duas antes do início programado da seleção de empregos oportunizada pela Secretaria Municipal do Desenvolvimento Social, Trabalho e Habitação (Sedesth) de Estrela, em parceria com a agência do Sistema Nacional de Empregos (Sine) e a empresa Docile Alimentos, de Lajeado, já eram mais de 50 pessoas em fila. O movimento cresceu ainda mais no decorrer da manhã e as entrevistas e recrutamentos, que transcorreram durante a tarde, reuniram mais de 130 pessoas, e só não foi maior por causa da chuva.

Inicialmente, as pessoas foram recepcionadas pela equipe do setor de Trabalho da Sedesth e do Sine na sede da Associação dos Municípios do Vale do Taquari, onde receberam as primeiras informações e orientações. Entre estas a de que a Docile de Lajeado estaria presente com uma recrutadora para o preenchimento de até 15 vagas na empresa, para serviços gerais em sua linha de produção. Exigia apenas Ensino Fundamental e disponibilidade de horário entre 14h50min e 00h20min, de segunda à sexta-feira. Quem não se enquadrasse no perfil poderia tentar uma vaga nas outras ofertas de emprego que a Sedesth e o Sine tinham em relação. “Estamos fazendo um esforço conjunto para conseguir reinserir vocês no mercado de trabalho”, explicou o secretário José Itamar Alves aos presentes.

Os candidatos foram fichados e aos poucos passaram a ser chamados para a entrevista com a psicóloga e recrutadora da Docile, Graziela Gerevini. A profissional explica os motivos para buscar mão de obra em Estrela. “Já temos profissionais daqui que trabalham conosco, e que inclusive vão até Lajeado em ônibus cedido pela empresa, mas isto no turno da manhã. Agora como as vagas são para o turno da tarde/noite, queremos fechar novo grupo daqui”, diz. “Também porque somos uma que representa não apenas Lajeado, mas sim a região, e isso em todo o Estado, País, por isso achamos que devemos expandir as oportunidades a pessoas de outros municípios, e Estrela é uma delas por se encaixar em nosso perfil”, detalha.

Emile Hunig (19) é uma das desempregadas que compareceu na Sedesth em busca das oportunidades oferecidas. “Meu último contrato acabou faz mais de ano. As exigências, principalmente por causa dos estudos, é grande por parte do empregador. Por isso sigo estudando, mas quero logo conseguir um emprego de novo”, diz a jovem. Já Rafhaela da Silva (22) voltou a morar em Estrela há apenas um dia. “Estava em Caxias do Sul. Voltei ontem para cá, onde já havia morado. Fiquei sabendo da seleção, resolvi não esperar. Na Serra também tem bastante oportunidades de emprego, mas a concorrência parece ser maior”, revela.

 

Texto: Rodrigo Angeli
Fotos: Rodrigo Angeli/Prefeitura de Estrela