Cultura Teutônia

Semana para respirar a arte em Teutônia

Salão de Artes Visuais traz mais 200 obras profissionais e de alunos

Salão de Artes Visuais Teutoarte – A vida tomando forma é aberto ao público até sábado e ocorre junto ao Grêmio Recreativo Canabarrense 

A arte exprime sentimentos e sensações, questiona, nos faz pensar no que o artista estava sentindo na hora de fazer a sua obra e evidencia a história a e cultura. Tudo isso a comunidade de Teutônia e região poderá conferir no 7º Salão de Artes Visuais Teutoarte – A vida tomando forma, que iniciou na noite desta segunda-feira, dia 23 de setembro, e segue aberto ao público até sábado, dia 28, junto ao Grêmio Recreativo Canabarrense. Obras de artistas profissionais, dentre eles o lajeadense Silvio Farias, e, também, de alunos das escolas do município podem ser conferidos durante a semana.

Durante a tarde de segunda-feira, o juri técnico avaliou as obras de artistas profissionais das quatro categorias expostas – pintura, escultura, desenho e instalação -, cuja relação dos vencedores pode ser conferida a seguir. Já durante a semana, os trabalhos das escolas poderão ser avaliados pelo júri popular, sendo que os mais votados em cada categoria serão premiados. A entrega da premiação ocorre no domingo, dia 29, às 9h.

São 65 obras que foram avaliadas pelo júri técnico e 160 concorrem no voto popular. Os artistas participantes são de Teutônia, Fazenda Vilanova, Carazinho, Santa Cruz do Sul, Taquara, Porto Alegre, Bento Gonçalves, Garibaldi e Balneário Camboriu (SC). A realização é da Associação Regional Cultural Artística (Arca), com o apoio da Prefeitura de Teutônia, por meio das secretarias de Educação e de Juventude, Cultura, Esporte e Lazer.

Umas obras que será premiada é o desenho “Lunaro”, do teutoniense Júlio Cesar Schneider, que recebeu o primeiro lugar na categoria Desenho. O desenho traz, em uma mesma tela, os rostos de Luiz Inácio Lula da Silva e Jair Messias Bolsonaro se interligando, evidenciando a polarização políticas entre esquerda e direita.

Schneider descreve a sensação de quando soube que seu desenho havia sido escolhido pelo júri técnico. “Ao saber que fiquei em primeiro lugar foi uma sensação maravilha. Foi como explodir de emoção, de sair correndo e pulando de alegria. Foi incrível ser reconhecido em primeiro lugar, era algo que eu não esperava”, destaca.

O artista ainda coloca que a inspiração veio justamente da polarização política do país. “O que me inspirou foi mais o fato de ver nas redes sociais muitas publicações contra o Lula e contra o Bolsonaro. Nas ruas, em conversas, se percebe que o povo está bem dividido, sendo que a política  criou raízes nas pessoas”, expõe.

Para fazer a obra, Schneider pegou as fotos de Lula e de Bolsonaro, as colocou lado a lado e começou a planejar os ajustes para o rosto dos dois. “Fazer combinar o nariz e boca foi o mais difícil. Depois do esboço pronto, comecei a colorir e fiz do meio jeito os tons para a pele, para que ambos os rostos combinassem e o desenho ficasse em harmonia. Para os tons da pele e a obra em geral, usei lápis de cor, boleador e, também, caneta Bic e canetinha preta permanente”, explica.

A abertura do Salão de Artes Visuais ocorreu na noite desta segunda-feira, oportunidade em que o público também pode prestigiar a Orquestra Jovem e o Coral Municipal Infanto-Juvenil de Teutônia, sob a coordenação de William Bayer e Marlon Gaussmann, respectivamente. A solenidade iniciou com a bênção religiosa ministrada pela pastora Cristiane Echelmeier, da Paróquia Evangélica de Confissão Luterana Teutônia Sul.

Representado a Arca, Maria Lúcia Blazoudakis destacou que o Salão de Artes Visuais contempla mais de 200 obras. “São obras de artistas que sabem expressar a sua arte, o seu dom. O Salão de Artes Visuais traz trabalhos que evidenciam a vida tomando forma”, frisou.

A secretária de Educação, Rosana Schneider Rührwiem, destacou o Salão de Artes aproxima a arte da comunidade. “Estamos mostrando o que Teutônia e região tem. Que a comunidade de Teutônia e região possa respirar a arte e a cultura nesta semana”, ressaltou.

Deste esta terça-feira, dia 24, até sábado, o horário de visitação é das 8h às 11h30min, das 14h às 17h30min e das 19h30min às 21h. Durante toda a semana, estão previstas as seguintes participações especiais:

– dia 24: às 9h, Ballet Baby com o grupo Ritmos e Fitness, com a professora Cátia Rataizki; e às 19h30min, Grupo Cantos e Encantos, com a professora Simone Huwe, e Grupo de Acordeonistas, com o professor Marco Osterkamp;

– dia 25: às 19h30min, roda de conversa “Papo de escritor”, com a participação de escritores e poetas, sob coordenação de Edilaine Cagliari;

– dia 26: às 19h30min, alunos de sopro, com o professor Charles Gregori, e o Grupo Façarte, de Imigrante, com a peça Saltibancos, sob direção de Marcelo Brentano;

– dia 27: às 9h30min, Grupo de Danças do Cemef, com a professora Raquel Feyh; às 10h30min, Coral Municipal de Imigrante, sob regência de Elias Staggemeier; e às 19h30min, Coral Municipal de Teutônia, sob regência de Martin Altevogt. e Grupo de Danças Movimentu’s, com a professora Raquel Feyh;

– dia 28: das 9h às 17h, workshop de pintura em tela com Luiza Sartori.

 

OBRAS ESCOLHIDAS PELO JÚRI TÉCNICO

> PINTURA

1º lugar: “Jesus Pop”, de Silvio Farias;

2º lugar: obra sem título, de Cynthia Scanavino;

3º lugar: “Zezerino”, de Ilse Ana Piva Paim;

 

> ESCULTURA

1º lugar: “Filho do vento”, de Genaro Hehn de Souza;

2º lugar: “O guardião II”, de Mauri Valdir Menegotto;

3º lugar: “Aranha analógica ecológica”, de Edson de Souza Maciel

 

> DESENHO

1º lugar: “Lunaro”, de Júlio César Schneider;

2º lugar: “Podres poderes”, de Thaiani Cardoso Bandeira;

3º lugar: “A fé e o tempo”, de Jadiel Vasconcelos;

 

> INSTALAÇÃO*

– “Nova era”, de Jadiel Vasconcelos;

– “A vida tomando forma por mãos habilidosas”, de Franciele Moraes.

* Por haver somente duas instalações, se optou por premiar as duas, sem distinção de colocação.

 

 

CRÉDITOS DO TEXTO: Édson Luís Schaeffer
Assessoria de Imprensa Prefeitura de Teutônia