Educação RSS Imigrante

Serventes das escolas de Imigrante participaram de capacitações

Oficina da Emater (Foto: Divulgação)
Oficina da Emater (Foto: Divulgação)

As serventes das escolas de Imigrante participaram de duas capacitações durante o recesso escolar dos alunos.
No dia 19 de julho, com a equipe da Emater-RS/Ascar de Imigrante, aprenderam a elaborar os alimentos fornecidos pelo PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar).
Foram feitas receitas com produtos da época, cultivados em Imigrante, como compota de laranja, katchup caseiro sem conservantes, conservas com pepinos e hortaliças e refrigerante caseiro. A ideia é que elas implantem estas receitas na merenda escolar dos alunos.

Já no dia 26 de julho, o grupo de serventes, gestores e nutricionistas participaram do seminário “Cozinheiros da educação promovendo a comida de verdade”, promovido pelo Programa Intermunicipal de Qualificação da Alimentação Escolar (Piqae), que ocorreu em Paverama.

A oficina voltada aos gestores abordou o funcionamento do PNAE. Já para as serventes e nutricionistas, ocorreram oficinas de como ler rótulo dos alimentos, diferenciar alimentos naturais dos processados e ultra processados. Participam do PIQAE os municípios de Imigrante, Estrela, Fazenda Vilanova, Poço das Antas, Teutônia e Westfália.

Na oportunidade, os produtores que fornecem os alimentos puderam expor e comercializar os seus produtos. Pela Lei Federal nº 11.947 de 2009, 30% do valor repassado pelo Programa Nacional de Alimentação Escolar – PNAE da merenda escolar, deve ser para a aquisição de produtos da agricultura familiar. O intuito é de oferecer alimentos mais saudáveis para os alunos, incentivando-os a valorizar o que é produzido na sua localidade, e também, valorizar os pequenos produtores.

Texto: Ascom Imigrante