Saúde Destaques Estrela

Setor administrativo da Secretaria da Saúde será inaugurado neste sábado

Novo espaço administrativo proporcionará melhor acolhimento à população (Foto: Rodrigo Angeli)
Novo espaço administrativo proporcionará melhor acolhimento à população (Foto: Rodrigo Angeli)

Desde o início da semana os serviços administrativos da Secretaria Municipal da Saúde de Estrela estão sendo transferidos para o andar térreo do prédio localizado na Rua General Osório, nº 427, no Bairro Oriental, também com acesso pela Avenida Rio Branco.

A inauguração oficial do novo espaço, com 578,29 m², está agendada para este sábado (22), às 9h30min, numa manhã festiva, com apresentações do Coral do Gracie e do Clube de Mães 20 de Maio. Um investimento de R$ 408 mil do Ministério da Saúde, por meio de emenda do deputado federal Alceu Moreira (PMDB), e mais uma contrapartida do município. “Era um espaço a ser ocupado. Além de propiciar local adequado à nossa equipe, acima de tudo proporcionará um melhor acolhimento à população que procura pelos serviços”, ressalta o secretário da Saúde Elmar Schneider.

O próximo passo, conforme o secretário Elmar Schneider, será a transferência do Posto Central, hoje localizado na Rua Coronel Brito, para o mesmo prédio, no primeiro andar. Projeto que, segundo ele, deve ser concretizado no próximo ano. “O projeto está na 16ª Coordenadoria Regional de Saúde para avaliação da Vigilância Sanitária do Estado, pois são necessárias adequações para o funcionamento de uma Unidade de Saúde”, explica. A previsão é de que as obras de adequação se iniciem em outubro, pois há necessidade de cumprir os trâmites legais, com a realização de processo licitatório. “O espaço, como está hoje, não tem condições de atender como um posto de saúde”, frisa. A efetivação da mudança vai proporcionar maior comodidade aos usuários, que hoje, em muitos casos, se dirigem ao Posto Central e depois precisam se deslocar à sede da secretaria para alguns encaminhamentos. “A centralização não está somente na questão econômica, pois deixaremos de pagar aluguel, mas acima de tudo visando o melhor à nossa população, que passará a ter os serviços num mesmo ponto”, assinala Schneider.

A demanda na área da saúde igualmente justifica a centralização. Dados da pasta, referentes ao primeiro semestre deste ano, revelam 27.035 atendimentos na farmácia; 6.162 no setor de transportes; 36.370 na área de enfermagem; 11.905 pelos dentistas; 15.850 pelos agentes de saúde e 28.313 atendimentos médicos. Considerando que Estrela tem em torno de 32.900 habitantes, estes números correspondem a 63,5% da população”, afirma Schneider, citando que a média mensal soma 20.939 atendimentos.

Texto: Ascom Estrela