Serviços Vale do Taquari Vale do Rio Pardo RS RSS

Sicredi celebra Dia Internacional das Cooperativas de Crédito

Sicredi Integração RS/MG abrange 15 agência em 11 municípios (Foto: Divulgação)

Na terceira quinta-feira de todo o mês de outubro é celebrado o Dia Internacional das Cooperativas de Crédito. Comemorado neste ano em 18 de outubro, a data tem por objetivo destacar a contribuição das cooperativas de crédito em todo o mundo para tornar realidade os sonhos pessoais e profissionais dos seus associados, além de valorizar propósitos que fazem parte da essência do cooperativismo. Dentro desse contexto, o Sicredi – instituição financeira cooperativa que tem suas raízes ligadas ao surgimento do cooperativismo de crédito no Brasil – tem contribuído, há mais de 115 anos, para o crescimento sólido e sustentável do segmento. Atualmente, o Sicredi conta com mais de 3,8 milhões de associados em 22 estados brasileiros e no Distrito Federal.

Para marcar a data em 2018, o Conselho Mundial das Cooperativas de Crédito (World Council of Credit Unions – Woccu, na sigla em inglês) anunciou o tema “Encontre prosperidade em uma cooperativa de crédito”. A ideia é provocar a reflexão sobre uma jornada próspera, cheia de vida, paz, saúde, tranquilidade e riqueza. É também um momento, no caso das cooperativas de crédito brasileiras, de celebrar o crescimento do segmento, que tem como motor o poder da cooperação para a realização de sonhos, necessidades e propósitos dos associados, que – literalmente – são donos do negócio, uma vez que participam dos rumos das cooperativas e têm direito à distribuição igualitária dos resultados.

Cooperativismo de crédito no mundo e Brasil

A abrangência internacional das cooperativas de crédito é evidenciada pelo Woccu. Em 2016, a entidade internacional representativa registrou 235 milhões de associados e 68 mil cooperativas de crédito, localizadas em 109 países de seis continentes. No Brasil, segundo dados do Banco Central, em dezembro de 2017 havia 9,6 milhões de associados, crescimento de 8% em relação a dezembro de 2016, e existiam 967 cooperativas de crédito singulares, as quais contavam com quase cinco mil agências.

Protagonismo nacional

Presidente da Sicredi Integração RS/MG, Adilson Metz destaca que 6% dos depósitos efetuados no país são administrados por cooperativas, número que pode parecer pequeno se comparado aos 25% da Europa, mas que demostra o grande potencial do cooperativismo de crédito. “As cooperativas estão assumindo o seu papel de protagonistas no sistema financeiro, pois geram riquezas, distribuem resultados e permitem que as comunidades tenham controle sobre suas ações”, afirma.

De acordo com ele, a solidez do sistema no mercado foi conquistada graças a fiscalizações e auditorias do Banco Central, à segurança do Fundo Garantidor do Cooperativismo de Crédito (FGCoop) e, principalmente, pela participação democrática dos associados nos processos de decisão, os quais elegem gestores, aprovam movimentações e participam da administração do negócio. Para Metz, esses diferenciais contribuem para o expressivo crescimento na casa de 15% a 20% ao ano. “Se continuarmos nesse ritmo, nós também vamos ter em breve uma fatia significativa do mercado”, projeta.

Resultados semestrais do Sicredi

As Demonstrações Financeiras Combinadas do Sistema Sicredi no primeiro semestre de 2018 apontam que o resultado líquido da instituição no período cresceu 11% e que seu patrimônio líquido registrou aumento de 17,1%, quando comparado ao primeiro semestre de 2017, totalizando, respectivamente, R$ 1,36 bilhão e R$ 13,8 bilhões. Já os ativos atingiram R$ 87,8 bilhões, crescimento de 20,6% no comparativo com o primeiro semestre de 2017. O Sicredi conta, atualmente, com 116 cooperativas de crédito filiadas, presentes em 1.238 cidades, sendo que em 199 delas é a única instituição financeira presente.

Na região os números também são positivos. Ao finalizar o primeiro semestre, a Sicredi Integração RS/MG contabilizava mais de 52 mil associados, totalizando um patrimônio líquido de R$ 175 milhões e administrando 1,3 bilhão de recursos. O balanço do período é otimista e, conforme Metz, demonstra que a regional deve seguir os passos do país e ficar próximo dos 20% de crescimento ao final do 2018.

Âmbito econômico e social

Em se tratando de Sicredi, Metz ressalta o papel social e econômico das cooperativas, as quais se preocupam com a geração de renda e a garantia da qualidade de vida de associados e das comunidades onde estão inseridas. Ele também ressalta a missão de ter presença nacional com ação local. “O Sicredi está em todo o Brasil, mas em cada região atua conforme a necessidade do local”, explica.

A partir desse posicionamento, a regional Integração RS/MG hoje conta com 15 agências distribuídas em 11 municípios – Lajeado, Boqueirão do Leão, Canudos do Vale, Cruzeiro do Sul, Forquetinha, Marques de Souza, Mato Leitão, Progresso, Santa Clara do Sul, Sério e Travesseiro -, as quais detêm 40% do mercado onde atua. Do resultado final de 2017, a cooperativa destinou mais de 465 mil do Fundo Filantrópico a 116 entidades e cerca de 5,8 milhões foram creditados diretamente na conta corrente dos associados. Desta forma, além de garantir que a distribuição de renda permaneça nos municípios geradores, a cooperativa reinveste seus recursos na própria região, promovendo o desenvolvimento social e financeiro dessas localidades. “Nosso resultado retorna para o associado ou para as entidades e fica na comunidade. Isso impulsiona nossa economia”, enfatiza Metz.

O presidente ainda salienta as práticas do Sicredi que estimulam a inclusão financeira das pessoas, por meio da qual todos os associados são tratados de forma igualitária e possuem os mesmos direitos dentro da instituição, independentemente de sua atividade ou posses. Assim, todos são beneficiados: “O Sicredi se preocupa também em levar o serviço financeiro para as pequenas comunidades”.

Outras conquistas: expansão nacional

Diante do cenário positivo para as cooperativas no sistema financeiro, o Sicredi também segue investindo na abertura de novas agências em âmbito nacional. A regional Integração RS/MG já deu início ao seu processo de expansão para o estado de Minas Gerais, onde ocupará a área Metropolitana Sul de Belo Horizonte, que compreende 26 municípios e tem uma população de cerca de 574 mil pessoas. Para 2019 está confirmada a abertura das agências em Conselheiro Lafaiete e Itabirito. De acordo com Metz, essa nova etapa do crescimento tem sido desenvolvida de forma prudente, organizada e estruturada, mantendo os investimentos aqui no Vale e levando a essência do cooperativismo para o novo local, sempre pensando no fortalecimento e desenvolvimento dos associados e da própria cooperativa. “Tem que ter responsabilidade para não acelerar demais e perder o foco”, considera.

Texto: Ascom Sicredi Integração RS/MG