Região RSS Rural - Agricultura Destaques

Sicredi Região dos Vales projeta liberar R$ 115,8 milhões para a safra 2017/2018

Família Tremea, de Dois Lajeados, com planejamento na produção leiteira e de grãos vem realizando investimentos importantes no empreendimento. Projetos contam com recursos de crédito rural concedidos pelo Sicredi (Foto: Divulgação)
Família Tremea, de Dois Lajeados, com planejamento na produção leiteira e de grãos vem realizando investimentos importantes no empreendimento. Projetos contam com recursos de crédito rural concedidos pelo Sicredi (Foto: Divulgação)

No mês de julho, o Sicredi Região dos Vales deu início às liberações de recursos para a safra 2017/2018. Com importante representatividade na economia e geração de renda locais, o agronegócio deve receber, nos 18 municípios da região, cerca de R$ 115,8 milhões em crédito rural da Instituição Financeira Cooperativa.

Do total previsto para o ano, a expectativa é de disponibilizar R$ 49,1 milhões para a finalidade de investimento e outros R$ 66,6 milhões para operações de custeio e comercialização. Os valores que serão liberados devem atender mais de 3,2 mil associados, viabilizando culturas como as de milho, soja, erva-mate e uva e atividades como pecuária, aves e suinocultura -, e representam um incremento de 10% em relação à safra passada (finalizada em junho de 2017) quando foram repassados R$ 105,2 milhões.

Deste total, 67% deverão ser novamente oriundos do Programa de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), recursos estes que estimulam a geração de renda, o acesso a tecnologias e a produtividade nas propriedades rurais familiares, que hoje representam a realidade da grande maioria dos produtores da região. E um exemplo dessa parceria é a família Tremea, de linha Andrade Figueira, interior de Dois Lajeados. Ela tem um relacionamento de longo tempo com o Sicredi, iniciado com o pai Edemar (66 anos).

Com planejamento e investimento na produção leiteira e de grãos, eles possuem 78 hectares de terra, onde produzem milho, soja e também se dedicam ao leite. Fazem parte do rebanho, 110 animais, estando 47 em lactação. Atualmente, a propriedade é conduzida pelos irmãos Diego (40 anos), Tiago (36) e a esposa Jaqueline Cattivelli (30), com a colaboração dos pais Edemar e Ana Maria (65).

“Temos uma produção de 1,2 mil litros de leite por dia e 60 hectares de terra de plantio de milho e soja. Hoje conseguimos ter uma grande economia na propriedade. Temos tudo o que os animais precisam para a alimentação, produzimos tudo aqui e por isso conseguimos também ter as novilhas para a criação”, conta Diego.

Com uma relação próxima com o Sicredi, a família sempre contou com o apoio da Instituição na hora de investir. “O Sicredi é um parceiro que temos, não só quando precisamos. Muitas vezes vamos à agência conversar com o pessoal para avaliar a viabilidade de alguns investimentos, pois todos são planejados. Pensamos na propriedade como se pensa numa empresa. Quando queremos fazer algo avaliamos e calculamos antes de realizar”, salientam.

A família vê boas perspectivas para continuar investindo na agricultura. “Em longo prazo temos muitos planos, mas em curto prazo queremos investir num projeto de irrigação, na construção de um novo galpão para a silagem e na compra de maquinários”, revela Diego.

O diretor executivo do Sicredi Região dos Vales, Roberto Scorsatto, enfatiza a importância de a Instituição Financeira Cooperativa apoiar o agronegócio, um dos principais pilares econômicos da região. “Incentivar o agronegócio e reinvestir os recursos captados localmente faz parte da nossa forma de atuação e contribuir com o desenvolvimento deste importante setor auxilia no incremento dos demais segmentos da economia regional”, afirma Scorsatto.

NÚMEROS PARA A SAFRA 2017/2018
*R$115,8 milhões – estimativa de valores liberados para operações de investimento, custeio e comercialização;
*67% – percentual do total de recursos que deverão ser atendidos em operações de Pronaf;
*3,2 mil – quantidade de produtores que deverão ser atendidos com os recursos disponibilizados pelo Sicredi Região dos Vales.

Texto: Ascom Sicredi Região dos Vales