RSS Destaques Polícia Lajeado

Sincovat recebe representantes do governo para discutir a segurança pública de Lajeado

reunião“Estamos trabalhando para acertar”. Assim o secretário de Segurança Pública de Lajeado, Paulo Locattelli Gandin, definiu seu objetivo ao se reunir com a diretoria do Sindicato dos Contadores e Técnicos em Contabilidade do Vale do Taquari (Sincovat) nesta segunda-feira (13). Acompanhado do diretor de Inteligência da Prefeitura, Vinicius Renner Galvani, Gandin destacou a necessidade de receber sugestões das entidades representativas para melhoria dos serviços e apresentou demandas e projetos de ações na área de segurança, considerada um problema real na cidade.

Presidente do Sincovat, Rui Mallmann parabenizou a iniciativa do encontro e enalteceu a postura da nova administração ao agir de forma transparente e considerar as reinvindicações da comunidade. Para Gandin, a segurança pública envolve diversas áreas que têm trabalhado de forma conjunta com órgãos de policiamento, como polícia civil e rodoviária, bombeiros, brigada militar e agentes de trânsito. Ao buscar parceria junto a outras secretarias, ao poder legislativo, entidades de classe e Associação Lajeadense Pró-Segurança Pública (Alsepro), o secretário acredita poder agregar propostas e obter apoio em suas ações, para que sua equipe possa ser mais presente e tenha maior efetividade.

Os representantes do governo relataram que, com base em pesquisas e diagnósticos, foi elaborado um projeto com 33 medidas que visam auxiliar na prevenção e redução da criminalidade. Entre as ações, palestras, reuniões com empresas de segurança privada, nivelamento de policiais, qualificação de agentes de trânsito e aperfeiçoamento do sistema de monitoramento das ruas. A realização do Fórum Municipal de Segurança Pública e a atenção exigida pelo Plano de Prevenção e Proteção Contra Incêndio (PPCI) também foram citadas. De acordo com eles, ainda existe uma forte resistência da comunidade em registrar ocorrências, o que dificulta o trabalho da secretaria. Conforme Galvani, são a partir dessas denúncias que se obtém as informações necessárias para compreensão de quem são e de que forma agem os criminosos. Para facilitar, a Prefeitura disponibilizou uma Ouvidoria, que recebe as queixas, encaminha aos órgãos competentes e comunica o resultado.

Gandin ainda enfatizou o desejo de unir esforços na execução de sua tarefa: “Temos que dar as mãos para aumentar a segurança e melhorar a qualidade de vida”. Diante da solicitação, Mallmann garantiu: “Tenha certeza de que podem contar conosco”.

Fonte: Ass. de Imprensa do Sincovat
Foto: Clarissa Jaeger