Artigos - Saúde e Bem-estar

“Sorvete: mocinho ou bandido?” confira o artigo da nutricionista Eliana Giacobbo

eliana-giacobbo-nutricionista-coach-de-emagrecimento
Eliana Giacobbo (Foto: Divulgação)

O verão chega e junto cresce o consumo de uma das guloseimas preferidas da estação: o sorvete. Apresentado de várias formas, com vários sabores, com variados ingredientes, é um produto muito consumido, sendo quase que unanime sua procura, principalmente entre os meses de novembro a março, apesar de ser consumido por quase que o ano todo.

O sorvete é uma emulsão estabilizada, onde se dá a partir de um processo de batimento e congelamento, resultando em um produto gelado, cremoso, colorido e adorado pela maioria das pessoas.

Os ingredientes básicos usados são: água, leite, açúcares, gorduras, sólidos não gordurosos do leite, soro de leite em pó, estabilizantes, emulsificantes, aromatizantes e corantes. Vários outros ingredientes podem ser adicionados à lista, dependendo do tipo de produto que está sendo elaborado.

A maioria dos sorvetes comercializados é altamente processado, possuem grande quantidade de açúcar e gordura hidrogenada na sua composição. Esses ingredientes, se consumidos diariamente e em excesso, podem trazer problemas de saúde como a obesidade e doenças associadas, portanto, para quem pretende curtir a vida e aproveitar tudo o que ela pode nos proporcionar deve consumir este produto eventualmente.

Nós somos o que pensamos, sentimos e agimos 80% do nosso tempo, então os 20% restante podemos consumir produtos que não sejam tão saudáveis, desde que seja em uma quantidade limitada, que mesmo assim não irá interferir na nossa saúde. Então o sorvete pode ser mocinho ou bandido dependendo da quantidade, da frequência e da qualidade do sorvete consumido.

E para quem quiser consumir sorvete TODOS OS DIAS no verão, aqui vai uma sugestão de sorvete caseiro saudável, saboroso e que deixa o corpo e a consciência muito mais LEVE! Pegue frutas como mamão, banana, melão, morango ou outra de sua preferência com maturação no ponto correto de consumo, nem muito verdes e não passadas de maduras.

Higienize, descasque e pique em cubos bem pequenos, como se você fosse fazer salada de frutas. Coloque em um saco plástico ou em um refratário e leve ao freezer, de manhã até a parte da tarde. Quando estiverem congeladas coloque em um processador de média ou alta potência e bata até ficar um creme e consuma. Se quiser pode picar algumas frutas e colocar junto com o sorvete na hora de servir. É um delicioso sorvete de frutas, geladinho, saboroso, refrescante e SUPER SAUDÁVEL.

E de vez em quando podemos consumir um sorvete industrializado com todo o prazer, sem culpa, sem proibições, por que não?  Permita-se!

Eliana Giacobbo – Nutricionista Coach de Emagrecimento