Saúde

Suco de frutas faz bem para a saúde?

Que um suco de frutas, bem geladinho agrada a maioria, principalmente no calor do verão, todos sabemos. Mas será que todos os sucos de frutas contribuem para a nossa saúde? Se você é daqueles que exige uma resposta rápida e direta lamento decepcionar, mas o que posso lhe dizer é : depende. Essa é uma das perguntas sobre alimentação que precisa ser explicada, que exige um interesse maior em compreender as justificativas para fazer a melhor escolha.
Primeiro, é importante lembrarmos que existem vários tipos de sucos, mas podemos dividi-los basicamente em duas categorias: aqueles obtidos a partir das frutas e hortaliças in natura e os industrializados. E precisamos saber que uma categoria é totalmente diferente da outra, e optar por uma ou outra faz, com certeza, toda a diferença quando se pensa em saúde.

Os sucos industrializados ou bebidas à base de frutas, como os néctares e refrescos, são adicionados de açúcares ou adoçantes artificiais, conservantes, corantes, aromatizantes e outros aditivos, devendo, por isso, serem evitados. Os chamados “sucos” elaborados pela indústria são ultraprocessados, o que costumo chamar de produto alimentício. Enquanto os sucos de frutas contém 100% de frutas, os néctares contém em média 30 a 50% de fruta e os refrescos somente de 10 a 30% de fruta.

Já os sucos naturais, feitos a partir da fruta in natura, com pouco ou sem adição de açúcar e de preferência feitos na hora do consumo podem trazer benefícios além de saciar a sede. Os sucos naturais agregam valor nutricional à alimentação, com o aumento de vitaminas e minerais. O suco integral, pasteurizado é outra opção de suco saudável. Ele é elaborado com 100% de fruta e sem adição de açúcares e apesar de passar pelo processo de pasteurização para durar mais, conserva o gosto natural da fruta e boas características nutricionais.

Apesar dos sucos naturais da frutas serem uma boa estratégia para atingir a quantidade diária recomendada de frutas é bom lembrar que nem sempre proporcionam os mesmos benefícios da fruta inteira. Fibras e muitos nutrientes podem ser perdidos durante o preparo e o poder de saciedade é sempre menor que o da fruta inteira. Por isso, o melhor mesmo é consumir frutas inteiras, seja nas refeições principais ou lanches.

Contudo posso dizer que os sucos naturais podem sim contribuir para a saúde humana, desde que feitos com frutas de qualidade, de preferência as da época ou com polpa armazenada na época ou ainda os integrais pasteurizados, com pouca ou nenhuma adição de açúcar, sem coar para preservar as fibras e sem exageros na quantidade.

Lembrando que a ingestão de sucos na alimentação infantil pode atrapalhar a ingestão de alimentos sólidos, já que a criança tem pouca capacidade gástrica e privilegiando a ingestão de sucos, consequentemente comerá menos. Com esses cuidados você que adora um suco pode desfrutar da riqueza que a natureza nos proporciona. Boas festas!!!

Fontes:
Brasil. ministério da saúde. secretaria de atenção à saúde. departamento de atenção Básica.Guia alimentar para a população brasileira / ministério da saúde, secretaria de atenção à saúde, departamentode atenção Básica. – 2. ed. – Brasília : ministério da saúde, 2014.156 p. : il.
Brasil. Ministério da Saúde. Desmistificando dúvidas sobre alimentação e nutrição : material de apoio para profissionais de saúde / Ministério da Saúde, Universidade Federal de Minas Gerais. – Brasília : Ministério da Saúde, 2016. 164 p. : il.

 

Texto: Tatiane Turatti
Foto: Freepik