RS Polícia

Susepe investe em cursos para aprimorar servidores penitenciários

Para se candidatar a uma vaga, os candidatos fizeram provas físicas e práticas, além de um teste psicológico (Foto: Divulgação Susepe/ Montagem)
Para se candidatar a uma vaga, os candidatos fizeram provas físicas e práticas, além de um teste psicológico (Foto: Divulgação Susepe/ Montagem)

A Escola do Serviço Penitenciário (ESP) encerrou na terça-feira (19), o curso de Capacitação em Escolta Prisional – 6° Edição e, na oportunidade, iniciou o curso de Instrutores Masculinos de Técnicas no Uso de Algemas, Revista e Condução de Presos.

O curso de capacitação em Escolta Prisional contou com carga horária de 120 h/a. No último dia de aula, os agentes penitenciários se aperfeiçoaram no uso da Espingarda Calibre 12. No planejamento do curso estão incluídas aulas de direitos humanos, habilitação em dispositivo de eletricidade conduzida – Spark, emboscada e contraemboscada, saúde do trabalhador, táticas individuais, entre outras disciplinas. Participaram 17 agentes penitenciários.

Já o curso de Instrutores de Técnicas no Uso de Algemas, Revistas e Condução de Presos, participam23 agentes penitenciários, oriundos de diversos estabelecimentos prisionais, os integrantes foram selecionados por meio de um processo seletivo aberto, promovido pela ESP. No total foram 86 interessados, dos quais 28 aprovados.

Para se candidatar a uma vaga, os candidatos fizeram provas físicas e práticas, além de um teste psicológico. O curso tem carga horária de 85 h/a e mais 60h de estágio, cujo objetivo é aumentar o quadro de instrutores da ESP, para que mais cursos aconteçam. A qualificação dos participantes encerra no próximo dia 29.

Texto: Ascom Susepe