RSS Rural Destaques Ilópolis

Sustentabilidade da Cadeia Produtiva da Erva-Mate é tema de Congresso na Turismate

Autoridades debateram a cadeia produtiva da erva-mate (Foto: Rodger Timm)
Autoridades debateram a cadeia produtiva da erva-mate (Foto: Rodger Timm)

O auditório da Turismate, no Parque do Ibama, em Ilópolis, ficou lotado na tarde desta sexta-feira (17/11), para a terceira edição do Congresso Estadual de Sustentabilidade da Cadeia Produtiva da Erva-Mate. Com o tema “Erva-mate, seus novos produtos e tecnologias”, o evento teve o objetivo de dar visibilidade ao cultivo da erva-mate, valorizar a atividade que é economicamente fundamental para a região, reforçar a importância da produção de qualidade e fomentar a inovação e os novos produtos, com vistas a promover o aumento do consumo da erva-mate.

Com moderação do extensionista da Emater/RS-Ascar, Fabiano Zenere, o Congresso contou com diversas palestras, entre elas a ministrada pelo assistente técnico estadual da área de Erva-Mate da Emater/RS-Ascar, Antônio Borba, que apresentou as ações que vem sendo realizadas dentro do Programa Gaúcho para a Qualidade e a Valorização da Erva-Mate da Secretaria de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR) do Governo do Estado, que teve início neste ano. Borba abordou também os detalhes sobre o sistema agroflorestal.

Em seguida foi a vez do assistente técnico regional da área de Secagem e Armazenagem da Emater/RS-Ascar, Ricardo Martins, ministrar painel sobre tecnologias para a secagem da erva-mate. Outros temas variados como marketing para ervateiras, cápsulas para mate expresso, desenvolvimento de novos produtos com erva-mate e rotulagem de novos produtos, foram apresentados em palestras ministradas por representantes das universidades de Passo Fundo (UPF) e Santa Maria (UFSM) e da Empresa Franchising.

“Este é um evento importante, especialmente por estarmos no maior polo ervateiro do Estado, com mais de 23 mil hectares plantados de erva-mate”, ressalto o supervisor da Emater/RS-Ascar, Cezar Burille, na ocasião representando o gerente regional, Marcelo Brandoli. Para Burile há que se trabalhar especialmente a qualidade da matéria-prima para que a cadeia produtiva tenha ganhos em competitividade. “É dessa forma que todos sairão ganhando, desde o viveirista até o consumidor final”, analisa.

O evento contou ainda com a presença de outras autoridades, como o presidente da Emater/RS, Clair Kuhn, o prefeito de Ilópolis Edmar Rovadoschi, o presidente da Turismate Fernando Dapont, o diretor executivo do Instituto Brasileiro da Erva-Mate (Ibramate) Roberto Ferron, o presidente do Sindicato da Indústria do Mate do Estado do Rio Grande do Sul (Sindimate), Álvaro Pompermayer e o representante do Fundo de Desenvolvimento e inovação da Cadeia Produtiva da Erva-Mate (Fundomate), Tiago Fick.

O evento foi promovido pela Emater/Rs-Ascar, Prefeitura de Ilópolis, Secretaria de Agricultura, Pecuária e Irrigação (Seapi) do Governo do Estado, Ibramate, Aaerva Mate e Sindimate. O apoio é da Câmara Municipal de Vereadores de Ilópolis, Câmara Setorial da Erva-Mate, Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR), Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetag), Embrapa Florestas, UPF e UFSM. A 8ª Turismate – a Festa da Erva-Mate – segue até o próximo domingo (19/11). Todas as informações podem ser obtidas no www.turismate.com.br.

Texto: Ascom Emater