Educação Mato Leitão

Teatro de Fantoches no programa Saúde na Escola

Ao longo do ano letivo profissionais das secretarias de Saúde e Educação desenvolveram diversas ações com alunos das escolas de Mato Leitão. O trabalho faz parte do Programa Saúde na Escola, que visa a união de esforços para promover saúde e qualidade de vida.

Uma das atividades ocorreu nesta semana com um teatro de fantoches elaborado pelas Agentes Comunitárias de Saúde que atuam na Estratégia Saúde da Família (ESF) Centro e Vila Santo Antônio. A animação ‘O sonho de Clarinha’ destacou a importância da saúde bucal e riscos com a proliferação de piolhos nas crianças.

As apresentações ocorreram nas escolas de Ensino Fundamental Ireno Bohn e Santo Antônio de Pádua, além da Emei Vó Olga. Atuam no Programa Saúde na Escola diversos profissionais como Agentes de Saúde, técnico de enfermagem, enfermeiro, psicólogo, dentista, fisioterapeuta, fonoaudiólogo e nutricionista. Os alunos identificados com alguma alteração são encaminhados para avaliação com especialista na área.

 

AÇÕES

Combate ao mosquito Aedes aegypti; promoção da segurança alimentar e nutricional e prevenção da obesidade infantil; direito sexual e reprodutivo e prevenção de DST/Aids; prevenção ao uso de álcool, tabaco, crack e outras drogas; promoção da Cultura de Paz, Cidadania e Direitos Humanos; práticas corporais, atividade física e do lazer nas escolas; prevenção das violências e dos acidentes; identificação de educandos com possíveis sinais de agravos de doenças em eliminação; avaliação de saúde bucal e aplicação tópica de flúor; verificação da situação vacinal; saúde auditiva e identificação de educandos com possíveis sinais de alteração; saúde ocular e identificação de educandos com possíveis sinais de alteração.

 

AGENTES SAÚDE

Carla Beatriz Wenzel, Loiva Mahle, Maiara Wagner, Patrícia Kretschmann, Greicieli Ferreira, Juliana Burghardt, Daiane de Melo, Marileide Sousa, Leonir Rabuske, Maria Helena dos Santos.

 

SAIBA MAIS

O Programa Saúde na Escola (PSE), política intersetorial da Saúde e da Educação, foi instituído em 2007. Nele, as políticas de saúde e educação voltadas às crianças, adolescentes, jovens e adultos da educação pública brasileira se unem para promover saúde e educação integral dos estudantes da rede pública de ensino.

 

Assessoria de Imprensa de Mato Leitão