Coronavírus Educação Destaques Teutônia

Teutônia terá retorno gradativo das aulas presenciais a partir da próxima semana

Retorno presencial das aulas iniciará de forma gradual a partir da próxima semana

Retorno presencial não é obrigatório e os pais deverão assinar um termo de autorização e corresponsabilidade

A partir da próxima semana, inicia o retorno gradativo das aulas presenciais em Teutônia, a partir de calendário elaborado pelo Centro de Operações de Emergência em Saúde (COE) da Secretaria de Educação, em conjunto com o Comitê Municipal de Atenção e Enfrentamento ao novo Coronavírus. O retorno presencial não é obrigatório e os pais deverão assinar um termo de autorização e corresponsabilidade. Num primeiro momento, não haverá a oferta do transporte escolar.

O retorno das aulas presenciais seguirá uma série de protocolos sanitários, a partir dos Planos de Contingência para Prevenção, Monitoramento e Controle da epidemia do novo Coronavírus elaborados pelo COE Escolar e aprovados pelo COE Municipal. O Município editou dois decretos, 2.832/2020 e 2834/2020, autorizando o retorno gradual das aulas presenciais.

O calendário previsto é o seguinte (datas sujeitas a alterações):

– 21 de setembro: Colégio Teutônia, com a Educação Infantil, conforme protocolos específicos;

– 28 de setembro: Ieceg/CNEC Teutônia, com a Educação Infantil, conforme protocolos específicos;

– 05 de outubro: Educação Infantil nas redes municipal e comunitária;

– 13 de outubro: Ensino Médio, conforme calendário do Estado;

– 28 de outubro: Ensino Fundamental – anos finais;

– 12 de novembro: Ensino Fundamental – anos iniciais.

O retorno das aulas presenciais não é obrigatório. Para os alunos com comorbidades e em casos que os pais não se sentirem seguros em enviar os filhos à escola, ficam mantidas as aulas remotas. E mesmo para os alunos que retornarem presencialmente, haverá atividades remotas.

 

Nas escolas

O aluno, ao chegar na escola, terá a temperatura auferida. Em seguida, passa por dois tapetes higienizantes e, finalmente, passa pelos totens de álcool gel. Assim, ele poderá ingressar na escola. Não será excedido o limite de 50% da capacidade da sala de aula e deverá ser mantido distanciamento seguro entre os alunos e professores.

O uso de máscara é obrigatório. Será oferecida aos alunos alimentação escolar, de forma segura, dentro da sala. Num primeiro momento, não haverá a oferta do transporte escolar. Também estão previstas testagens rápidas em alunos e funcionários.

O retorno das aulas presenciais será de forma escalonada. Nas escolas de Ensino Fundamental, o grupo de alunos que irá presencialmente na primeira semana não irá na segunda semana. Quem for na segunda semana, só retornará na quarta semana.

Nas escolas de Educação Infantil, a criança ficará no máximo quatro horas, não sendo oferecido o turno integral. Um grupo irá apenas no período da manhã e o outro grupo apenas à tarde.

Professores e demais funcionários das escolas receberão formação/treinamento específico com a vigilância sanitária. Todas as escolas receberão equipamentos de proteção individual, como termômetros digitais, totens de álcool gel, tapetes higienizantes, jalecos, cartazes informativos e máscaras. Para os alunos, estão sendo adquiridas 15 mil máscaras.

 

Corresponsabilidades

Reiterando, o retorno das aulas presenciais não é obrigatório. E o retorno está condicionado à assinatura, pelos pais, do Termo de Autorização e Corresponsabilidade, autorizando ou não a ida à escola.

 

Dentre as corresponsabilidades da família estão:

– Utilização de materiais individuais: garrafas de água, máscara, álcool gel 70% e material de trabalho;

– Uso obrigatório de máscara na chegada e na saída da aula, sem retirar durante os exercícios e atividades propostas;

– Conscientização de respeitar trajeto casa/aula e aula/casa;

– Cada família será responsável pelo transporte de seu filho(a);

– Comprometimento dos familiares de evitar passeios e visitas (aglomerações) desnecessárias para não comprometer a continuidade das aulas de seu(ua) filho(a).

Neste sentido, os professores se comprometem a:

– Fiscalizar os cuidados relacionados enquanto a aula estiver ocorrendo e fazendo uso dos materiais individuais (tais como máscara, álcool gel);

– Evitar o contato e dispor a sala de aula, respeitando o distanciamento de 2m x 2m entre cada estudante, organizando as turmas para que correspondam com o tamanho da sala;

– Higienizar os pontos comuns depois de cada troca de turma;

– As aulas terão duração de até 4 horas, conforme a realidade de cada escola.

As corresponsabilidades ainda preveem:

– Ao perceber que um estudante está com sintomas de gripe, como coriza e sucessivos espirros, febre, ou sintomas compatíveis com a Covid-19, será entrado em contato com os pais para que busquem imediatamente seu(ua) filho(a) e os conduzam a uma unidade de saúde. Em seguida, será informado o Centro de Operações de Emergências da Saúde (COE) de Teutônia.

– Todos estes cuidados são para que professores, estudantes e família tenham a maior segurança possível no retorno às aulas presenciais nas escolas do município.

 

 

CRÉDITOS DAS FOTOS: Édson Luís Schaeffer/divulgação
Assessoria de Imprensa Prefeitura de Teutônia