Trânsito RS RSS Teutônia

Trevos que serão transformados em rótulas fechadas recebem vistoria técnica da EGR

Vistoria no trevo da Rua Major Bandeira (Foto: Édson Luís Schaeffer/Divulgação)

Nesta terça-feira, dia 15 de janeiro, duas engenheiras da equipe técnica da Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) estiveram em Teutônia realizando vistoria nos trevos que serão transformados em rótulas fechadas. Esta foi a última etapa para, então, concluir o projeto das rótulas fechadas junto à ERS-128 (Via Láctea), nos acessos à Rua Major Bandeira, no Bairro Languiru, e à Rua 17 de Junho, no Bairro Canabarro.

As engenheiras civis Desiree Schaefer e Franciele Magnus visitaram in loco os dois trevos, para fazer o levantamento de detalhes ainda necessários para a finalização do projeto, tais como tubulações, relevo, galerias e vegetação que precisa ser suprimida para melhorar a área de visualização dos condutores. As partes mais complexas, como extensões das rótulas, graus das curvas e áreas de desapropriação já estão concluídas. A vistoria técnica foi acompanhada pelo prefeito, além do vice-prefeito, Valdir Oliveira do Amaral; do secretário de Obras, Marcelo Walter; da equipe técnica da Prefeitura; e vereadores.

O engenheiro responsável pela obra, contratado de forma terceirizada pela EGR, deve dar retorno aos apontamentos feitos pela equipe técnica ainda nesta semana, para, então, a estatal dar continuidade aos trâmites necessários. Segundo as engenheiras, o município deve receber o aval para o início do processo licitatório das obras entre fevereiro e março, mas o prazo pode variar, tanto para mais quanto para menos. Assim que houver a autorização da EGR, a Prefeitura de Teutônia executará as obras com recursos próprios.

Segundo o prefeito, Jonatan Brönstrup, a expectativa é que de que as obras iniciem o quanto antes. “Pelo que sentimos durante a vistoria, são pequenos ajustes que ainda precisam ser feitos. Desde o primeiro dia do nosso governo, a nossa preocupação era atender este anseio da nossa população. Não podemos permitir que mais vidas se percam nestes locais. Aguardamos, agora, a finalização do projeto para iniciarmos o processo licitatório e, em seguida, executar as obras, trazendo mais segurança para que passa por estes dois trevos”, frisou.

Autorização para pavimentação de rua lateral

Durante a vistoria técnica da EGR, a Prefeitura de Teutônia recebeu a autorização para pavimentação em paviesse de 61 metros de rua lateral à ERS-128 (Via Láctea), entre as ruas Adolfo Hunsche e 110, no Bairro Teutônia. A via dá acesso à industria de laticínios da Cooperativa Languiru e está localizada na faixa de domínio da rodovia.

A pavimentação desta rua já está licitada. A via integra o conjunto de nove ruas que estão recebendo pavimentação em paviesse, cujo investimento total será de aproximadamente R$ 485 mil em recursos próprios.

Outras demandas

A Administração Municipal de Teutônia aproveitou a presença das engenheiras da EGR para mostrar locais de projetos futuros na Via Láctea, a fim de obter informações e orientações da viabilidade e dos próximos passos. Uma das demandas é aumentar a alça de acesso no trevo à Rua Erno Dahmer, no Bairro Alesgut, para facilitar o acesso de caminhões à laticínios Lactalis. Outra ideia para o local é a construção de um acesso alternativo à empresa.

Também está em análise a abertura de uma rua lateral à Via LAáctea, entre as ruas 25 de Julho e Arthur Pilz. O objetivo é direcionar o fluxo de veículos da Rua 25 de Julho (que é continuidade da ERS-419, rodovia que vem de Poço das Antas em direção à Teutônia) para o trevo da Lactalis.

Outro local visitado é área onde se pretende melhorar o acesso à ruas 7 Sul e 8 Sul, devido às várias empresas localizadas nas proximidades. A intenção inicial era de um trevo prolongado aberto no local. No entanto, as engenheiras sugeriram que fosse pensado em um projeto de rótula fechada.

Texto: Ascom Teutônia