Artigos - Turismo

“Turismo com um novo olhar empreendedor” – por Lizeli Bergamaschi

Lizeli Bergamaschi (Foto: Divulgação)
Lizeli Bergamaschi (Foto: Divulgação)

Em meu artigo vou apresentar o projeto turístico Vale dos Túneis e Viadutos. Projeto esse, que está promovendo o turismo na região alta do Vale do Taquari.

Para quem empreende ou quer empreender no segmento de turismo, buscar oportunidades de explorar novas opções de negócios dentro do setor pode ser uma escolha lucrativa. Inovar em roteiros, proporcionar experiências e desenvolver passeios em busca de demandas em potencial são algumas opções nesse mercado. É o caso do Vale dos Túneis e Viadutos, grupo responsável por empreendimentos diferenciados com base em dois pontos fortes: a aventura e o atendimento familiar. Os Municípios integrantes são Encantado, Muçum, Nova Bréscia e Vespasiano Corrêa.

O negócio nasceu há dois anos com o propósito de proporcionar felicidade e qualidade de vida através do convívio entre as pessoas, junto com a natureza. A realização é do Sebrae com o apoio da Amturvales. A ideia consiste em organizar um passeio por diversos atrativos, atraindo turistas da própria região e de outras cidades do estado e do país.

O grande diferencial nessa rota é o Viaduto 13. Localizado na Ferrovia do Trigo entre os municípios de Vespasiano Corrêa e Muçum. A denominação tem origem no fato de ser o 13º de uma sequência de viadutos que se inicia no centro de Muçum. Foi construído pelo Exército durante a década de 1970. Com 143 metros de altura e 509 metros de extensão, é o maior viaduto ferroviário das Américas e o terceiro mais alto do mundo.

Tendo em vista o grande fluxo de visitantes nesse local, nasceu a visão empreendedora do grupo que deu origem a outros negócios nesses dois anos. No trajeto que leva o turista ao Viaduto 13, o Restaurante Recanto do Nonno que era apenas um projeto virou realidade, em seu cardápio está o tradicional almoço típico italiano, em Vespasiano Corrêa; já em Muçum, a Agroindústria Brandão, além de produzir alimentos derivados da cana, também servirá Café Colonial em breve.

Além dos empreendimentos já citados, temos em Encantado, o Artesanato Locatelli que produz peças em madeira e personalizados, a Divine Chocolates onde você encontra em sua loja o sabor do verdadeiro chocolate, o Hotel Hengu que proporciona uma estada segura, com um ambiente confortável preparado especialmente para você, a Floricultura Paraíso das Flores onde os visitantes vão encontrar os mais diversos tipos de flores e de plantas.

A visita continua em Nova Bréscia no Paraíso das Pedras, um lugar especial em meio a natureza, que oferece uma deliciosa gastronomia, uma área de lazer para praticar esportes, e muitos encantos naturais que podem ser apreciados através das trilhas, banhos de cascata. Também oferece quartos para hospedagem e espaço para a realização de eventos. Em Muçum, o Kiosque da Praça oferece uma variedade de pratos quentes, lanches rápidos e bebidas. Em Vespasiano Corrêa a Agroindústria Sabor da Fruta oferece morangos orgânicos, pimenta em conserva, frutas e temperos desidratados, além de geleias de frutas.

Mais do que visitar pontos turísticos e conhecer novos lugares, o turista da atualidade quer fazer parte daquele contexto e, principalmente, ter uma vivência. Essa nova demanda do turista requer do mercado a oferta de opções criativas. Fugir do tradicional é uma tendência de consumo desse setor. O turista não quer simplesmente ser um coadjuvante e participar do destino, ele quer ser ativo. É muito importante que os empreendedores que desenvolvem produtos levem em consideração essa necessidade.

Conquistar o público local, é uma oportunidade valiosa nesse ramo. Os próprios moradores geralmente não têm tempo livre para conhecer alguns lugares. Por isso, desenvolver produtos e serviços que não precisem de muito deslocamento e que o morador consiga consumir em sua própria cidade, pode ser uma grande oportunidade de negócio. Além disso, é imprescindível pensar o turismo como um trabalho coletivo. O empreendedor precisa entender que esse é um trabalho multissetorial, que não é executado sozinho. Isso porque vários segmentos atuam juntos para atender a um único cliente.

Convido você para conhecer os empreendimentos que integram a rota!
O agendamento do passeio é importante, para que os empreendedores estejam a sua espera e que possam atender da melhor maneira a todos.
Bom passeio!

Volto nos próximos dias com mais informações e dicas de Turismo!!!
Desejo a todos um ótimo final de semana!!! Abraços

Por Lizeli Bergamaschi – Bacharel em Turismo – Turismóloga