Educação Estrela

Um mundo de possibilidades e descobertas no berçário

Diversos cenários e objetos são utilizados no projeto Explorações

Emei de Estrela desenvolve projeto de trabalho que proporciona novas experiências e amplia vivências de crianças e pais

A Escola Municipal de Educação Infantil (Emei) São João, localizada no Bairro Oriental, em Estrela, conta hoje com 80 crianças. Destas, 18 frequentam a turma mista Berçário B/Maternal A. É com elas que está sendo desenvolvido o projeto “Explorações – Um mundo de possibilidades e descobertas”, quando os pequenos na faixa etária entre 1 e 2,8 anos são convidados a participarem de diferentes cenários com variados objetos, ainda desconhecidos ou que não fazem parte das suas rotinas. E estes proporcionam novas experiências, ampliando vivências de crianças e pais.

Segundo a diretora Joice Helena Ludwig, o objetivo do projeto desenvolvido desde março é promover brincadeiras e interações a fim de proporcionar descobertas, possibilidades, e com isso ampliar a capacidade de expressão e conhecimento do mundo. Em encontros particulares com os pais das crianças envolvidas e em rodas de conversa, os avanços são relatados em diversos sentidos. “Os objetos e materiais disponibilizados às crianças, como gelatinas comestíveis, caixas de ovos, bambolês, caixinhas de papelão e tantos outros, oportunizam experiências de aprendizagem significativa. E assim elas constroem, de forma criativa, as interrogações, as hipóteses e as vivências em um exercício constante de vida em sociedade”, explica. Segundo a professora do berçário Bárbara Janaíne Weiss, para que estas construções aconteçam de maneira a gerar esta aprendizagem significativa, as crianças passam a explorar diversos espaços com materiais alternativos, participando de múltiplas atividades e utilizando diferentes expressões e linguagens”.

A proposta vem sendo desenvolvida em parceria com as famílias. “Acreditamos que não precisamos dar um brinquedo pronto para uma criança. Podemos deixá-la explorar caixas, latas, garrafas pets, dentre outros materiais não estruturados e que as famílias disponibilizam em casa, ampliando assim a capacidade de expressão, contemplando as inúmeras possibilidades que se apresentam diante das atividades que envolvem todos sentidos”, diz a diretora Joice Helena Ludwig. “Quando oferecemos situações de aprendizagem que instigam as percepções, como a olfativa, gustativa, tátil, visual e auditiva, estamos possibilitando o desenvolvimento amplo e prazeroso com os quais as crianças também ampliam a capacidade de explorar texturas, sabores, cheiros e cores”, ressalta a professora Bárbara Weiss. Mais informações na escola pelo telefone 3981-1070.

 

 

Texto: Rodrigo Angeli
Assessoria de Imprensa de Estrela