Educação RSS Destaques Teutônia

Uma semana diferenciada para a cultura e a arte no Colégio Teutônia

Peça teatral trouxe interpretação irônica dos contos de fada e histórias da Disney (Foto: Divulgação)
Peça teatral trouxe interpretação irônica dos contos de fada e histórias da Disney (Foto: Divulgação)

Desenvolver o hábito da leitura deve ser uma tarefa diária e, nesse contexto, no período de 30 de junho a 07 de julho o Colégio Teutônia promoveu mais uma edição da sua tradicional Semana Cultural, evento que contou com a presença de escritores renomados, atrações artísticas, exposição de trabalhos dos estudantes e troca de livros. “Foi um momento especial para celebrar a leitura e a arte, nas suas variadas formas de expressão. A Semana Cultural representa uma situação de diálogo entre as formas de arte que os estudantes expressam e aprendem no Colégio Teutônia”, avalia a coordenadora pedagógica do Ensino Médio do CT, professora Kátia Rex.

Com o tema “Enxergar além do escrito”, a programação contou com a presença dos escritores Caio Ritter, Márcia Leite e Valesca de Assis; realização de Sarau Poético; apresentação da peça teatral “Era uma vez, uma vez mais, e quem sabe outra vez, ou até mais!”, com o Grupo Teatral TAT 21; exposição de trabalhos referentes às leituras das obras dos autores do Projeto Autor Presente; e Feira Troca-Troca de Livros.

Na conversa dos escritores com os estudantes, todos destacaram a importância da leitura na ampliação de possibilidades para a vida. Os autores também relataram o despertar da leitura e da escrita em suas vidas, suas trajetórias como escritores e o desenvolvimento da escrita criativa. A peça teatral trouxe uma interpretação irônica dos contos de fada e histórias da Disney e a feira de troca de livros foi uma oportunidade de compartilhar gostos literários.

A Semana Cultural objetiva garantir acesso à literatura de qualidade, promover acesso a diferentes gêneros textuais e incentivar o hábito da leitura, ampliando o universo de livros que os estudantes leem durante sua vida escolar. Foram elaborados repertórios de leitura para cada ano/série e, além disso, o Projeto Autor Presente caracterizou-se por ser uma oportunidade diferenciada de vivência com o escritor trabalhado pelas diferentes turmas em sala de aula. “Os estudantes precisam desenvolver o hábito da leitura como instrumento de apropriação de conhecimento ao longo da vida, a construção da autonomia passa pelo desenvolvimento do hábito da leitura, e a família também pode contribuir muito nisso”, conclui a coordenadora e professora Kátia.

Texto: Ascom Colégio Teutônia